quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Lavagem cerebral

Nos últimos dias muito tem se falado sobre a provável conquista pelo Flamengo de seu sexto título nacional. Pura balela. A impressão que tenho é que a impressa ao divulgar essa informação mentirosa, tenta pela repetição, convencer a todos que o Flamengo é o campeão brasileiro de 1987. Uma patética tentativa de fazer lavagem cerebral nos torcedores.

De uma vez por todas: o verdadeiro campeão Brasileiro de 1987 é o Sport Club do Recife! O regulamento da CBF para aquele ano previa que o campeão brasileiro seria decidido com o cruzamento dos campeões e vice dos módulos amarelo (Sport e Guarani) com os do módulo verde (Flamengo e Internacional). No entanto Flamengo e Inter se recusaram a participar do quadrangular final, descumprindo o que determinava a CBF. Em virtude disso, Sport e Guarani disputaram a final. Como se este fato não bastasse, o representante brasileiro na Libertadores de 1988 foi o Sport.

Os defensores do Flamengo dizem que foi feito um acordo entre os componentes do Clube dos 13 de que eles não participariam do cruzamento. Pode até ter havido esse acordo, mas e dai? Isso não lhes dá o título. Seria como se hoje o mesmo clube dos 13 decidisse que Botafogo ou Fluminense não podem cair este ano mesmo que fiquem entre os quatro últimos do campeonato. E o regulamento? Rasga-se?

Por essas e por outras é que defendo a tese de que a diretoria do São Paulo deveria EXIGIR a posse da “Taça das Bolinhas”. Acabaria com essa polemica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário