domingo, 20 de dezembro de 2009

Que molecagem hein Oscar?

“Trabalhei forte esse ano e acredito que em 2010 terei ainda mais oportunidades de jogar. Espero fazer um grande ano, quem sabe me firmar na equipe e conquistar tudo que for possível com o clube”.

A declaração acima foi dada por esse moleque a três dias atrás ao site oficial do Tricolor.

Oscar chegou ao São Paulo aos treze anos e deste 2006 recebe salário de jogador profissional. Foi criado lá dentro com tudo do bom e do melhor. Foi lapidado, treinado e valorizado. Tinha tudo para se transformar em ídolo de nossa exigente torcida que sempre o apoiou (inclusive nos momentos de baixa). Mas não, ao que parece esta preferindo ser lembrado por dois pênaltis perdidos que causaram a eliminação do Tricolor na Copa São Paulo e na Copa Sul-Americana, e pior, ser um moleque ingrato.

gazetaesportiva.net entrevistou dois dirigentes do departamento jurídico Tricolor que se mostraram tranqüilos com a situação e na segunda feira tomariam as medidas necessárias para a defesa do clube, que ainda nem sequer foi ouvido pela juíza que concedeu a liminar. Marco Aurélio Cunha declarou que esta ação do representante de Oscar é para que se crie um clima desfavorável a sua permanecia no clube, mas isso não irá ocorrer e Oscar deve ficar no Tricolor.

Espero que esse moleque permaneça no São Paulo, passe por uma “reciclagem” lá em Cotia, e seja vendido o mais breve possível para algum time de segundo escalão lá da Ucrânia para que possamos recuperar a grana que já gastamos com ele.

Pra mim você já era moleque.

Nenhum comentário:

Postar um comentário