/* --- ---- */ By Guedex: Novembro 2009

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Como é bom ser São-Paulino




Estou muito orgulhoso de ser torcedor de um time realmente grande. Um time que conta com atletas que sempre se portam com profissionalismo, que não se entregam, e não "entregam". Que tem um presidente responsável e um técnico que trata a todos com educação. Uma torcida maravilhosa, atuante e com senso crítico.

Temos mais um jogo por fazer e vamos encará-lo com seriedade para terminarmos a temporada com a cabeça erguida.

É muito bom poder olhar para a bandeira do meu clube e sentir orgulho.

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

1 + 0 = 2



O STDJ decidiu na noite de ontem pela manutenção da pena de três jogos para Borges e Dagoberto e pela redução de três para um jogo no caso de Jean. É isso mesmo: o meio-campista Tricolor foi punido com um jogo e cumpriu dois. Inacreditável né? Já tinha ouvido falar de pessoas que estão em débito com a justiça, mas em crédito é a primeira vez.

O jeito é rir e torcer para que Hugo e André Dias sejam os últimos a irem ao picadeiro desses "artistas".

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Morumbi é liberado

Por cinco votos a zero o São Paulo foi absolvido no STJD e recuperou o direito de realizar o jogo contra o Sport no estádio do Morumbi. O julgamento do recursos para liberação de Borges, Dagoberto e Jean ainda está em andamento.

O Porco falante




Não vou perder meu tempo comentando mais uma atitude destemperada desse senhor. O tempo irá julgar seu mandato.

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Já vi esse filme

Manchetes de hoje na net:
- Estado de graça: Oito indicações para o prêmio Craque do Brasileirão 2009 levantam auto-estima do Fla
- Petkovic é cidadão do Rio: Depois da Calçada da Fama do Maracanã, sérvio recebe título da Assembleia Legislativa
- Elenco rubro-negro recebe apoio dos ídolos do passado
- Confiante no hexa do Fla, Marcio Braga avisa: ‘A festa está sempre preparada’
- Petkovic acredita no Goiás e avisa: "Precisamos trazer o título para o Rio"

Serviço de Proteção ao Crédito




Na última rodada da fase de classificação do Paulista de 2004, o Corinthians dependia de uma vitória simples contra a Portuguesa Santista para se manter na 1ª divisão mas a equipe da baixada acabou vencendo o jogo por 1 a 0 em pleno Pacaembu.

Para não cair para a segunda divisão, o time da Marginal ficou na dependência de uma vitória do São Paulo, que no mesmo horário enfrentava o Juventus no estádio Anacleto Campanella, no ABC. Uma vitória do Juventus sobre o São Paulo manteria o time da Moóca na elite estadual e rebaixaria o Corinthians.

Mas o Tricolor não permitiu a queda corintiana e com dois gols de Grafite venceu o jogo por 2 a 1. Ao final do campeonato o São Caetano (sob o comando de Muricy Ramalho) acabou sagrando-se campeão.

Espero agora o mesmo profissionalismo por parte da equipe de Mano Menezes. A "notinha" retratada acima é só pra lembrar. Só isso...

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Rodrigo é liberado para treinamentos

Enfim uma boa notícia:  o departamento médico Tricolor liberou o zagueiro Rodrigo para trabalhar com o grupo a partir de hoje no CCT da Barra funda.

Dependendo do desempenho que tiver durante os treinos desta semana, Rodrigo poderá estar em campo no confronto com o Goiás. "Vou trabalhar muito sério pensando nisso. Quero treinar bem, fazer um bom período com meus companheiros para estar em campo no domingo, ajudando o São Paulo a conseguir uma vitória e quem sabe o título antecipado", disse Rodrigo.

Se Rodrigo ainda não estiver bem, acredito que Ricardo Gomes irá optar pela entrada de Zé Luis na zada ao lado de Renato Silva e André Dias, e o retorno de Jean ao meio campo.

São Paulo ganha mais três livros nesta quarta



Matéria reproduzida de: http://www.saopaulofc.net

Publicações sobre história do Tricolor e obra voltada para o público infantil serão lançadas no Shopping Morumbi

Na próxima quarta-feira (25), os são-paulinos ganharão mais três opções para conhecer a história do Tricolor. Serão lançados os livros "Nascido para Vencer", "O Time do meu Coração" e "Dentre os Grandes és o Primeiro", um kit de publicações que promete agradar a todos os públicos entre os fãs do São Paulo.

"Nascido para Vencer" é uma obra dos jornalistas Luis Augusto Simon e Marcelo Prado. Ele narra a trajetória do Tricolor desde sua fundação, com uma pesquisa extensa que rendeu ao texto uma variedade enorme de detalhes. Os bastidores da fundação do São Paulo, oriundo da fusão de outros clubes em dificuldades para sobreviver, a contratação do craque Leônidas da Silva em uma época em que a equipe ainda tentava se firmar no cenário do futebol nacional, a construção do Morumbi em um período sem títulos. Essas são apenas algumas histórias contadas pela obra.

Marco Aurélio Cunha, Laudo Natel, Diego Lugano e Kaká deram entrevistas aos profissionais para complementar o livro, que torna imperdível para qualquer torcedor em adquirir a publicação.

"O Time do meu Coração" é um verdadeiro guia de bolso para os tricolores. Organizado pelo jornalista Thiago Braga, ele traz todas as informações que os torcedores precisam saber sobre o clube. Nas páginas do livro, pode ser visto de maneira resumida os detalhes sobre o patrimônio do clube, os símbolos, o hino, evolução da torcida, atletas que mais defenderam as cores da equipe, fichas técnicas de partidas inesquecíveis, maiores artilheiros, treinadores, presidentes, curiosidades e muito mais.

A criançada também tem vez entre os livros do Tricolor. Escrito por Eduardo de Ávila e com ilustrações feitas por Nilson Bispo de Jesus, a obra mostra a paixão que está sendo criadas por jovens são-paulinos pelo clube, tudo isso em quadrinhos. A intenção dos autores é de reforçar a importância dos laços de amizade e união que o futebol traz. São-paulino de verdade não pode deixar de ter nenhum dos livros!!! Confira!

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Oi leva eu...

Rapaz, que coisa de maluco, parece que ninguém quer ganhar esse caneco! Agora foi a vez do Tricolor dar mole e perder a chance de matar o campeonato. Sabe como é: essa taça fica aí de bobeira, ninguém leva pra casa... aí vem um flamenguista e rouba ela.

No final (mas beeeem no final mesmo) a rodada acabou sendo positiva pois ainda conseguimos manter a liderança. O problema é que ressuscitamos os porcos e o Inter. O Palmeiras tem uns joguinhos meio enjoados pela frente mas os gaúchos só pegam “babas”. O São Paulo PRECISA ganhar do Goiás senão a coisa vai complicar.

Se por um lado devemos ter a volta de Borges, Dagoberto e Jean para esse próximo jogo, corremos o risco de perder Hugo e André Dias que serão julgados na quinta-feira. Richarlyson (expulso) e Miranda (3º amarelo) não jogam. 

O Ricardo Gomes vai ter um trabalhão danado para montar a equipe.

sábado, 21 de novembro de 2009

Schumi na Mercedes GP?

Segundo o hoje comentarista da BBC, Eddie Jordan, isso é possível sim. Eddie, que foi chefe de Michael quando este estreou na fórmula 1 patrocinado pela Mercedes-Benz, disse que o acordo começou a ser costurado durante do GP de Abu Dhabi deste ano quando houve uma reunião entre Schumacher, Ross Brawn e o chefe-executivo da Daimler, Dieter Zetsche.

De acordo com Jordan, o plano da Mercedes seria dar a vaga para Schumacher, enquanto Sebastian Vettel ainda estivesse preso no contrato com a Red Bull, ou seja, pelo período de apenas um ano. Caso a contratação aconteça, o heptacampeão se reunirá novamente com Brawn, com quem conquistou todos os seus sete títulos na F-1.

É esperar para ver. Eu não duvido nada que isso realmente aconteça.

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

É isso aí professor

"Diante de todos esses fatos vem a má notícia para os adversários: o elenco vai sair fortalecido. Vai mostrar uma força ímpar. Vamos brigar ainda mais pelo título, pois a gente quer competir. O São Paulo vai competir até o fim, vamos encontrar forças não conhecidas antes, porque até então mostramos um time completo, e agora vamos ter que usar nossos meninos, que trabalham muito. Vamos brigar até o fim."

Palavras de Ricardo Gomes.

Viel Glück Dagol

O Jornal da Tarde noticiou em sua edição de ontem que Dagoberto irá para o Bayern de Munique em 2010. Segundo a reportagem, a negociação será fechada em € 9 milhões (R$ 23 milhões), sendo que o Tricolor ficará com 75% desse valor (os outros 25% serão divididos entre Juan Figer e o jogador). Dagoberto chegou ao São Paulo em 2007 contratado junto ao Atlético paranaense por R$ 5,7 milhões. Fernandido (Barueri) vem justamente para ocupar essa vaga.

Boa sorte Dagol!

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Perrrdeu mermão...


Até quando os clubes paulistas irão aceitar calados as decisões deste “digníssimo” tribunal? Até quando seremos obrigados a assistir impotentes, estes “senhores” se utilizarem de pesos diferentes em seus “pareceres”. Já passou da hora desse tribunal ser renovado e transferido para longe da “cidade maravilhosa”.

Parabéns magistrados “Vossas Excelências” conseguiram deixar o campeonato brasileiro realmente “emocionante”.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Sucesso de vendas


STJD X SPFC

O jogo de hoje vai ser duro e o palco do embate será mais uma vez no Rio de Janeiro. Não bastasse atuarmos na casa do adversário, o juiz também não é confiável. Borges, Dagoberto e Jean serão caçados "em campo". Mais do que nunca vamos precisar de uma defesa consistente

Dr. Roberto Armelin, a "bola" está com o senhor.

Glock na Manor, Raikkonen na praia

A estreante Manor GP anunciou nesta terça que o alemão Timo Glock será um de seus pilotos em 2010. O ex-piloto da Toyota que tem 37 GPs disputados (seus melhores resultados foram 2 segundos lugares), declarou que apesar de ter outras opções na categoria, decidiu-se pela Manor devido a oportunidade de "fazer parte de um processo de construir um time e ajudar a desenvolver o carro".

Já Kimi Raikkonen, segundo informação foi dada por seu empresário Steve Robertson, preferiu tirar um ano de férias após não chegar a um acordo com a McLaren. Vale lembrar que pelo acordo feito com a Ferrari, sua indenização cairia de 17 milhões para 10 milhões de Euros caso corresse por outra equipe em 2010, ou seja, para compensar a perda seria necessário fechar um contrato de pelo menos 7 milhões de Euros para próxima temporada, valor com o qual a McLaren não concordou.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Verdaderos hermanos


Neste 19 de novembro às 19h será lançado no Bar Boleiros, na Vila Madalena (Rua Mourato Coelho, 1194) o livro "Tricolor Celeste - A História dos Uruguaios Pablo Forlán, Pedro Rocha, Darío Pereyra e Diego Lugano" de Luís Augusto Simon. O livro conta detalhes da passagem desses jogadores pelo tricolor.

Pablo Forlán defendeu o São Paulo na década de 70 e era um jogador que "chegava junto" e "não perdia a viagem", pura raça. Pedro Rocha foi considerado por Pelé, um dos 5 maiores jogadores do mundo. Bons tempos em que todo grande time tinha um camisa 10 de verdade. Dario Pereyra foi o melhor quarto-zagueiro que vi jogar, perfeito no desarme e na saída para o ataque, jogava fácil e com muita classe. Fornou ao lado de Oscar uma zaga inesquecível. "Dios" Lugano é um herói recente, um dos líderes do time campeão mundial em 2005. Jogador sério e determinado que impõe respeito ao adversário. Aguardamos ansiosos seu retorno ao Tricolor.

Gerações diferentes de jogadores que estão na história do São Paulo Futebol Clube, tinham em comum o amor e a garra com que defenderam nosso manto. Uma justa homenagem.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Mercedes compra Brawn GP

Confirmando os boatos, a Mercedes anunciou hoje a compra de 75,1% da Brawn GP concretizando assim a volta de sua equipe de fabrica à F1 após 55 anos. A equipe alemã havia abandonado a categoria devido a um grave acidente que provocou a morte de 80 pessoas em Le Mans em 1955: o piloto Piere Levegh perdeu o controle do carro e atingiu os espectadores.

Para desfazer a parceria que tem hoje com a McLaren, a Mercedes comprometeu-se a fornecer seus motores à equipe inglesa até 2015, e esta por sua vez, tem prazo até 2011 para recomprar a participação de 40% que a montadora detém da equipe. Comenta-se que a ruptura deveu-se ao descontentamento com a decisão da McLaren em competir no mercado de super-esportivos com o lançamento do McLaren MP4-12C, cujo motor, também é desenvolvido pela equipe inglesa.

A Mercedes-Benz GP continuará sendo dirigida por Ross Brawn e agora todas as especulações giram entorno de quais serão seus pilotos. Sexta-feira passada, Jenson Button visitou as instalações da McLaren em Woking (sede da escuderia) e o acerto para uma transferência parece estar próximo. Enquanto isso, os nomes de Niko Rosberg e Nick Heildfeld parecem certo na Flexa de Prata que seria assim uma equipe puramente alemã.

Fico imaginado a cara do Ross Brawn: pegou uma equipe falida praticamente de graça e após uma temporada vendeu-a para um dos maiores grupos do mundo. Deve estar rindo à toa...

Agora falta pouco



Do G1 pra baixo mudou tudo

Os resultados dessa 35° rodada deram uma bela mexida na tabela. Do G4 só o Tricolor manteve a sua posição, nas outras, mudança geral. O Palmeiras perdeu a vice-liderança para o Flamengo passando assim para a terceira colocação. o Galo caiu diante do Coritiba e cedeu a última vaga do G4 para o Inter.

O Tricolor fez sua parte e venceu o Vitória no sábado à noite mesmo não jogando um futebol brilhante, mas a essa altura, quem se importa com isso? Além do resultado, outro ponto positivo da partida foram os mais de 53 mil torcedores que compareceram ao Morumbi e incentivaram o time o tempo todo, inclusive gritando os nomes de Hugo e Washington, que ultimamente não contam com a boa vontade de parte da torcida. Se eles devem ficar no clube em 2010 é coisa para discutirmos mais tarde, agora é hora de apoiar aqueles que estão em campo.

Os brigões
Lamentável a atitude de André Dias e Hugo que só não foram expulsos porque a arbitragem está muito pressionada ultimamente e preferiu por “panos quentes” dando somente cartão amarelo a ambos. A estupidez dos dois poderia ter deixado o Tricolor com nove jogadores em campo aos 15 minutos do primeiro tempo de uma partida que valia a liderança do campeonato. Saldo da briguinha: mais dois desfalques para o decisivo jogo contra o Botafogo domingo no Engenhão. Além disso, o procurador-geral Paulo Schmitt informou que irá analisar as imagens para verificar se vão ou não ser enquadrados em algum artigo.

Bom, é isso aí. E você, o que achou da rodada?

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Contra tudo e contra todos

Esse campeonato esta um circo mesmo. É só ter carioca na parada que começam acontecer coisas "estranhas". Por três votos a dois o São Paulo foi punido com a perda de um mando de campo e multa de R$ 10.00,00 em decorrência de um maluco (que diga-se de passagem, nem São-Paulino era) ter invadido o gramado no duelo com o Internacional no dia 28 de outubro.

Com isso o São Paulo será obrigado a jogar sua última partida no Brasileirão-2009 a uma distância mínima de 100 Km do Morumbi. 
Um dos que votaram pela punição foi o auditor Rodrigo Fux, o mesmo que foi acusado recentemente pelo presidente palmeirense Luiz Gonzaga Belluzzo de ter lamentado por Vagner Love não usar tranças rubro-negras. A direção Tricolor tentará junto à CBF adiar a punição para o Brasileiro ano que vem uma vez que já vendeu 10.000 ingressos para a partida contra o Sport.

Caso a puinição seja mantida o Tricolor terá as seguintes opções de mando.
- Presidente Prudente 587 Km
- São José do Rio Preto: 450 Km
- Limeira: 154 Km
- Mogi Mirim: 160 Km
- Ribeirão Preto: 313 Km

Para finalizar, recomendo que leiam as postagens "STJD trata casos iguais de formas diferentes" no Blog do Birner e "Uma decisão que abre precedentes" no Blog do Daniel Perrone.

Um coração pulsante




Até as 17h de ontem haviam sido vendidos mais de 34.000 ingressos para a confronto com o Vitória às 19:00h deste sábado. Acredito que o Morumbi deva receber um público entre 45 mil e 50 mil torcedores e será preciso ter paciência e incentivar o time pois como temos visto ultimamente, são em jogos teoricamente mais fáceis que várias equipes tem perdido pontos.

O Tricolor precisa ser frio e se impor na partida, precisa pressionar o adversário sem abrir mão da segurança defensiva, precisa estar concentrado no objetivo. Precisa vencer. Só vencer.

Ao torcedor cabe apoiar sempre, cantando e pulando nas arquibancadas.

O Morumbi vai balançar, ou melhor, pulsar!

Super Star: Ace Striker




Peguei esta dica no SPFCpédia. Super Star: Ace Striker é um mangá criado por Alexandre Veloso que conta a história de um menino que decide se tornar jogador de futebol profissional após a derrota do Brasil para a França no mundial de 1998. Acompanhe o quadrinho em http://www.superstar.thementes.com.br/.

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Cartão Verde para Ricardo Gomes

O treinador do São Paulo é o convidado desta noite no Cartão Verde, programa da TV Cultura exibido todas as quintas das 22h às 23h. Além da participação de Ricardo Gomes a bancada será composta por Vladir Lemos, Vitor Birner, Xico Sá e Sócrates.
Você também pode assistir ao programa diretamento do site do Cartão Verde.

Crise no chiqueiro!



quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Friday the 13th: Jason in the court

Parece nome de filme mas é a mais pura verdade. Nesta sexta-feira 13 o São Paulo será julgado pelo STJD devido a invasão de campo (feita por aquela besta!) na partida contra o Internacional no Morumbi. A pena prevista para estes casos é multa de R$ 10 mil a R$ 200 mil, além da perda de um a dez mandos de campo.

Caso condenado, o Tricolor perderá o mando de campo contra o Sport na última rodada do Brasileirão e será obrigado a jogar a uma distância mínima de 100 Km do Morumbi.

O superintendente de futebol, Marco Aurélio Cunha, está confiante na absolvição: "É legítimo julgar o caso, mas o São Paulo não acredita em punição porque tomou todas as medidas necessárias para resolver o problema. Não era nem um torcedor do São Paulo, era alguém que estava ali com outro propósito" - disse o dirigente.

Como o Flamengo está na briga pelo título, é bom nosso departamento jurídico ficar esperto porque os Urubús de Toga vão estar famintos.

Se alguém quiser acompanhar o julgamento, o site Justiça Desportiva fará a transmissão em tempo real a partir das 14h.

Olho neles Juvenal!

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Entrevista: Bruno Senna


Foto: Fernando Cavalcanti

Em entrevista para as páginas amarelas da revista Veja, Bruno Senna revela um pouco de sua personalidade e o caminho percorrido para aos 26 anos, chegar à F1. A carreira de Bruno como piloto tem pouco mais de cinco anos e neste período passou pela Fórmula BMW, Fórmula 3 inglesa, GP2 e em 2009 fez algumas corridas pela Le Mans Series e 24 Horas de Le Mans. Abaixo faço um resumo dos pontos que achei interessante em seu depoimento.

Volta às pistas: Quando tinha 18 anos, disse para a minha mãe que eu queria voltar a correr. Apesar de surpresa, ela achou que era fogo de palha e aceitou.Comecei com um kart antigo que estava na fazenda... no primeiro dia, dei 140 voltas sem parar. Como eu não estava preparado para toda a trepidação, quebrei uma costela de tanto que fiquei no kart. Em um ano e meio, quebrei cinco costelas. Foi aí que a minha mãe percebeu que eu não estava de brincadeira.
Entrada na Fórmula 1: ... as equipes pedem muito dinheiro para fechar contrato com um piloto estreante. Conversei com todas neste ano, menos com a Ferrari. Queriam pelo menos 5 milhões de euros para assinar comigo... Vou entrar com zero. Fechei com a equipe espanhola Campos Meta... Foi a primeira proposta que consegui obter sem ter de levar patrocínio nenhum. Serei o único estreante que não vai pagar para correr.
Salário: Da equipe, nada. Nem um centavo. Mas vou poder ter meus patrocinadores pessoais.
Sobrenome: ... apostam no meu sobrenome famoso para atrair patrocinadores para a equipe. Por isso me liberaram do pagamento.
Sobre tirar a vaga de outro brasileiro na F1: Nessa hora não tem amigo. Você está fazendo a sua carreira, disputando com outro piloto. Se é o Rubinho ou outra pessoa, não importa.
Jogo de equipe: Quem não quer ficar nessa posição não se coloque nela. Se você está tomando pau, vai ficar para trás e a equipe vai priorizar o outro.
Nelsinho Piquet: Acho que tem muita gente que não quer chamar o Nelsinho por receio de que, depois, ele torne públicos assuntos internos da equipe, como fez na Renault. Houve uma quebra de confiança... O cara tem um contrato de confidencialidade, mas deu publicidade a algo que não deveria sair do âmbito da equipe. O Nelsinho pode ser bem rápido, mas vai ser difícil ele arranjar emprego.

Leia a íntegra da entrevista em veja.com.br

São Paulo S/A

Não é a primeira vez que vejo esta notícia na midia. Agora foi a vez do Ricardo Chester divulgar que o Tricolor será o primeiro clube brasileiro na bolsa de valores. Em seu Twitter ele cita como fonte o site Relatório Reservado. Tentei conseguir mais detalhes no site mas, como o próprio nome diz, o relatório é reservado e eu não sou assinante. Então, se alguém tiver mais informações sobre o assunto deixe-as nos comentários desta postagem.

Sem ter maiores detalhes sobre a operação fica difícil emitir alguma opinião mas, a príncípio, acho conflitante os interesses de nós torcedores e os dos possíveis acionistas: nós queremos títulos e a modernização de nosso patrimônio, e eles, lucros. Vamos aguardar para ver o que vai dar (se é que vai dar alguma coisa).


segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Buááá...


Que beleza!


A rodada foi praticamente perfeita para o São Paulo e aquele pontinho que trouxemos do sul na quarta-feira possibilitou que assumíssemos a liderança isolada do campeonato. Faltando quatro rodadas para o final da competição a disputa está cada vez mais acirrada e o topo da tabela embolou de vez (apenas três pontos separam o primeiro do quarto colocado). A próxima rodada não deve ter grandes surpresas mas a 36ª vai ser punk.

Próximos jogos:
São Paulo: Vitória (C), Botafogo (F), Goiás (F), Sport (C)
Palmeiras: Sport (C), Grêmio (F), Atlético-MG (C), Botafogo (F)
Flamengo: Náutico (F), Goiás (C), Corinthians (F), Grêmio (C)
Atlético-MG: Coritiba (F), Internacional (C), Sport (F), Corinthians (C)

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Neste não dá mais pra confiar

Benjamin Back, colunista do LANCE!, divulgou em seu blog que Borges já teria em suas mãos o pré-contrato para se transferir para o Grêmio. Faltaria somente sua assinatura para o negócio ser concretizado. Benja disse ainda no programa Estádio 97 de ontem, que esse pré-contrato foi entregue ao jogador antes do jogo de quarta-feira. Tirem suas próprias conclusões, a minha já expressei no titulo desta postagem.

Domingo é dia de torcer no FLA-FLU

Flamengo e Fluminense fazem jogos decisivos neste final de semana. Decisivo para o São Paulo.

O Fla pega o Galo no Mineirão (que estará transbordando de tanta gente) e precisa somar pontos pois uma derrota pode fazê-lo despencar para a sexta colocação caso Internacional e Cruzeiro vençam seus jogos. Mas o que interessa mesmo é que um bom resultado do Flamengo impede que o clube mineiro ultrapasse o Tricolor na tabela de classificação.

O Flu por sua vez, enfrenta o Palmeiras no Maracanã. O Tricolor carioca que está a oito jogos sem perder (seis pelo Brasileirão), ontem à noite se classificou para as semifinas da Copa Sul-Americana com uma vitória fora de casa e mais um gol do Fred (já são sete nos últimos sete jogos) e vai entrar em campo embalado pela torcida que também deve estar em peso no Maraca. Com uma vitória o Flu volta a ter esperanças de sair da zona de rebaixamento. Vai ser páreo duro para o time da Barra Funda. Nesse jogo o importante é os Porcos não vencerem.

Mantenho meus palpites (só que agora é mais torcida mesmo): Fluminense 2 X 1 Palmeiras e Atlético 0 X 0 Flamengo.

Participe, deixe seus palpites!

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Respeitável público...




Como eu havia previsto na postagem anterior, o jogo de ontem foi um espetáculo. Pena que circense. E a grande estrela da companhia foi o palhaço Borges.

O Tricolor havia feito um bom primeiro tempo e poderia até estar vencendo o jogo mas ao final do primeiro tempo, o resultado de 1 X 1 não era de todo ruim. Após o intervalo, o Grêmio voltou marcando mais forte e passou a pressionar o São Paulo em seu campo de onde não conseguia sair a não ser com os tradicionais chutões (será que um dia teremos algum armador no time que saiba fazer a transição entre defesa e ataque?). Embora o time gaúcho tivesse maior posse de bola, não criava grandes chances de gol e até que estava dando para segurar. Mas, como a vitória realmente parecia ser possível, Ricardo Gomes trocou Washington por Borges e Jorge Wagner por Marlos. Estas alterações iriam tornar o time bastante agressivo, mas sabe como é: palhaço gosta de aparecer e Borges resolveu dar seu showzinho tomando seu segundo cartão amarelo no jogo ao dar um pontapé totalmente desnecessário em Túlio e foi expulso com justiça. A partir daí o Tricolor perdeu totalmente o controle emocional e foi uma festa! Dagoberto, em outro lance imbecil, desculpem mas não há outra palavra para descrever sua atitude, tomou o vermelho direto (é incrível como esse cara toma cartões). Bom, como desgraça pouca é bobagem, Jean também recebeu o segundo amarelo de deixou o São Paulo com oito jogadores em campo. A partir daí o jeito foi enrolar e torcer para o jogo acabar.

Saldo da partida: no início achei que dava para ganhar o jogo. Depois, ao sairmos atrás no placar, passei a considerar o empate um bom resultado. Com três jogadores a menos, pulei do sofá quando o árbitro encerrou a partida.

Agora é estudar como montar o time para o jogo contra o Vitória no Morumbi pois teremos vários desfalques...

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

A platéia vai estar cheia esta noite...



Arte: GuedeX

O último a sair apaga a luz


Arte: GuedeX

Na segunda-feira a Bridgestone anunciou que deixará de fornecer pneus para a F1 a partir da temporada 2011. Segundo comunicado da empresa a decisão se deve a “necessidade de redirecionar seus recursos para desenvolver tecnologias inovadoras e produtos estratégicos, reforçando a reputação da empresa como um líder em tecnologia". Hoje foi a vez da Toyota anunciar sua retirada do circo devido a “grave situação econômica atual”. A maior montadora de automóveis do mundo juntou-se assim à alemã BMW e as também japonesas, Honda, Suzuki e Subaru (as duas últimas participantes do mundial de Rally) que também optaram em abandonar o automobilismo de competição sob a alegação de terem sido afetadas pela crise. Se por um lado a saída da Toyota é ruim, por outro, abre uma vaga para a inscrição da Sauber (ex-parceira da BMW), isso claro, se Frank Williams retirar seu veto.

Ao que parece a temporada 2010 será uma das mais imprevisíveis pois além de perder mais uma equipe, a F1 perde também um fornecedor de motores, assim, o grid do ano que vem deve ser dominado pelos motores Cosworth (uma incógnita). Além da Williams, Campos, Manor, USF1 e Lotus já confirmaram a utilização desses propulsores. Existe ainda a possibilidade da Red Bull também utilizá-los .

Pois é, parece que a Fórmula 1 está passando por um processo de re-estruturação e voltando à época em que as equipes independentes dominavam a categoria. Com as recentes saídas da Honda, BMW e Toyota, restaram apenas Renault e Mercedes dentre as grandes montadores que ainda estão envolvidas com a competição. Será que isso é bom?

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Mais um no estaleiro

Zé Luis realizou hoje pela manhá um exame de ressonância magnética e o resultado não foi nada bom: estiramento muscular no adutor da coxa. Tempo de recuperação, 3 semanas. Como Rycharlyson esta afastado também por causa de um estiramento, Ricardo Gomes deve ter problemas para escalar o tricolor para o jogo contra o Grêmio, já que Adrián Gonzáles é deficiente na marcação. Devido a importância da partida, acredito que o técnico São-Paulino promova a entrada de Arouca no meio-campo e o retorno de Jean à ala direita.

Além dos dois volantes, o zagueiro Rodrigo seque em recuperação de fratura na mão direita.

Pois é, deram mole e o Tricolor está aí de novo


Arte: GuedeX

Apesar do mal futebol apresentado no sábado, vencemos e nos firmamos na segunda colocação do Brasileirão (perdemos apenas no saldo de gols, com 3 a menos). As derrotas de Internacional, Grêmio, Cruzeiros e Goiás também foram positivas pois nos deixou em uma situação confortável dentro do G4.

Quarta-feira pegamos o Grêmio em Porto Alegre, jogo dificílimo e decisivo para ambos, já que os gaúchos ainda tem pretensões de conseguir uma vaga para a Libertadores 2010. Se soubermos explorar os contra-ataques, acredito que é possível trazer os três pontos lá do sul e jogar a pressão de volta pra cima dos Porcos. Eu particularmente não gosto quando o São Paulo joga antes mas, fazer o quê né?

Meus palpites : Grêmio 1 X 2 São Paulo, Sport 0 X 2 Cruzeiro, Fluminense 2 X 1 Palmeiras, Atlético-MG 0 X 0 Flamengo. E os Seus?