quarta-feira, 31 de março de 2010

Ou vai, ou racha

Clique na imagem para ampliar
O jogo de logo mais é decisivo para o São Paulo. E é justamente aí que “a coisa pega”. O São Paulo, desde o Brasileirão do ano passado, tem falhado justamente nos momentos em que precisa ter atitude e decidir uma partida, ou um campeonato, como foi no caso contra Botafogo e Goiás, em 2009.

Essa deficiência permanece no time atual, como pode ser comprovado nas partidas contra o Once Caldas, Bragantino e até mesmo contra o Corinthians, onde uma vitória, garantiria a passagem para a próxima fase das respectivas competições, Libertadores e Paulista.

Em caso de derrota no México, a classificação do Tricolor estará seriamente ameaçada, pois o Monterrey irá a oito pontos e o Once Caldas tem tudo para vencer o Nacional e chegar a onze, permanecendo o São Paulo com nove.

Neste caso, o São Paulo jogaria com a obrigação de vencer o Once Caldas na última partida, pois o Monterrey vencendo o Nacional, também somaria onze pontos.. Convenhamos, com o futebol que o time vem apresentando, mesmo jogando em casa a tarefa não é nada fácil. Ou seja, chegou a hora desse time mostrar se é vitorioso ou perdedor.

Ao que tudo indica, Ricardo Gomes vai modificar novamente a maneira do time jogar, escalando a linha de quatro defensiva com Alex Silva, Xandão, Miranda e Júnior César (ou Jorge Wagner), e colocando Cicinho para atuar no meio de campo (foi só gritar e já conseguiu uma vaguinha no time titular...Que beleza!).

Resta saber como ficará o meio de campo, pois, como Hernanes é intocável (para RG), restam duas vagas para serem disputadas por J. Wagner, Cleber Santana. R. Souto, Jean e Léo Lima.

Quanto ao adversário a única certeza é de que irá lutar muito para vencer e manter suas chances de classificação. No primeiro jogo entre as equipes, no Morumbi, o time mexicano jogou com meio time reserva e ainda assim o São Paulo teve que martelar muito para conseguir a vitória. Hoje, com o time completo, jogando em casa e precisando vencer, a parada vai ser dura.

Bom galera, não tem jeito, a situação não esta boa mas o Tricolor é o Tricolor. Quem sabe essa pressão toda não “amacia” esse time?

VAMOS SÃO PAULO!

Time provável: Rogério Ceni, Alex Silva, Xandão, Miranda e Jorge Wagner (Júnior César), Cicinho, Rodrigo Souto, Hernanes e Cléber Santana (Jorge Wagner), Dagoberto e Washington.

2 comentários:

Xandão disse...

Olha Guedex... depois de tudo isso ai que vem rolando to achando que esse RG realmente não eh técnico pra gente não.... Essa de inventar mudar de time toda a hora e jogador conseguir vaga na equipe no grito mostra despreparo total do cara.

Por mim, ja trocava antes da vaca ir pro brejo!!!

Abraço!

Guedex disse...

Xandão, tá "embaçado" mesmo, mas agora o cara só sai se cair fora da Libertadores, e isso eu não quero... Tomara que ganhe jogo, garanta a vaga, e tome um sacode no Paulista. Quem sab assim a gente une o util ao agradável,

Aparece mais pô!

Postar um comentário