quinta-feira, 20 de maio de 2010

Sem viabilidade financeira, Curitiba admite não sediar a Copa de 2014

Segundo matéria publica no portal UOL, o Atlético Paranaense cogita abandonar o projeto de sediar jogos da Copa 2014 por não conseguir arrecadar junto à iniciativa privada os R$ 60 milhões necessários para a adequação de seu estádio, o Arena da Baixada.

O custo estimado para a obra é de R$ 90 milhões, sendo que o clube entraria com R$ 30 milhões e o restante seria bancado por parceiros, que até o momento não apareceram. O BNDES fez um oferta de empréstimo com juros de 5%, mas o clube rejeitou, pois não pretende se endividar, e portanto, um impasse foi criado.

O prazo dado pela Fifa para a obtenção das garantias é curto demais e outras sedes, principalmente as que contam com estádio particulares, casos do Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo, correm riscos de não consegui-las a tempo.

O São Paulo está com a mesma dificuldade pois o custo da reforma do Morumbi subiu muito no último projeto, que foi aprovado pela Fifa. Comenta-se que o clube já estuda abrir mão de sediar a abertura do evento pois assim, as exigências seriam menores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário