quarta-feira, 30 de junho de 2010

Cicinho não está garantido na Libertadores

Segundo o UOL, Cicinho pode ter feito contra o Grêmio, sua última partida pelo São Paulo.

Ao contrário do que a diretoria tricolor havia divulgado, não há, segundo o atleta, uma cláusula que automaticamente prorroga seu contrato, que vence hoje, até o final da Libertadores.

”Não tem renovação automática. O que existe é a minha vontade de continuar. A decisão é da Roma. Ontem, meu empresário conversou com o diretor de futebol (da Roma) e ele pediu que eu retornasse para fazer a pré-temporada na Itália.”

Há alguns dias atrás o vice presidente de futebol, Carlos Augusto de Barros, declarou que Cicinho não teria seu vínculo prorrogado após a participação do São Paulo na Copa Libertadores.

“Eu não posso ficar, não jogo a Libertadores. Hoje terá uma reunião com o presidente Juvenal Juvêncio para discutir essa questão e teremos uma resposta” - finalizou Cicinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário