sexta-feira, 30 de julho de 2010

Manifesto PNBE contra um novo estádio em São Paulo

Reprodução: PNBE

Uso de dinheiro público em um novo estádio em São Paulo é inaceitável

O PNBE, Pensamento Nacional das Bases Empresariais, vem a público manifestar-se terminantemente contra a construção de um novo estádio na cidade de São Paulo com recursos dos governos. Gastar dinheiro público com algo evidentemente supérfluo é um crime contra a sociedade e, especialmente, contra centenas de milhares de cidadãos que não tem moradia, saneamento básico, saúde e educação de qualidade, hospitais, etc. Mesmo um empreendimento privado seria um desperdício, pois temos estádios como o Morumbi, que serve para jogos de futebol e eventos perfeitamente bem.

Estranho e temerário o tremendo poder que a entidade mundial do setor adquiriu, a ponto de impor aos países onde jogam seleções exigências tão rigorosas na construção de estádios, isenção de impostos para os jogos da Copa e atividades correlatas, alto preço para o uso de imagens dos jogos, até por simples botequins, entre outros absurdos. A FIFA se apropriou e usa em seu benefício um esporte que quase todos os povos do mundo contribuíram para tornar tão popular, privatizou a paixão pelo futebol.

Tendo em vista que estamos em um país ainda carente de serviços básicos para a população, posicionamo-nos contra um novo estádio, respaldando a posição do governador do estado, pelo respeito ao erário público e as prioridades sociais para uso dos recursos.

São Paulo, 28 de Julho de 2010

Percival Maricato
1º Coordenador Geral

Mario Ernesto Humberg
2º Coordenador Geral

Nenhum comentário:

Postar um comentário