segunda-feira, 27 de setembro de 2010

"Marcação" sobre Lucas aumenta

Reprodução: Painel FC, da Folha

Menino de família
Depois de ter seu cliente assediado por empresários, Wagner Ribeiro, agente do são-paulino Lucas, 18, resolveu tomar algumas providências. O meia, que recebe R$ 20 mil mensais, não irá mais morar no CT da Barra Funda. Ribeiro está procurando um apartamento para ele viver com seu pai. E pagará para o irmão de Lucas uma faculdade de jornalismo com o intuito de que ele seja assessor de imprensa do jovem.

Ingênuo
Lucas também foi abordado por uma pessoa que se disse representante da Umbro. Ouviu que a marca gostaria de patrociná-lo. Mesmo tendo contrato assinado com a Nike, o jovem passou seu telefone ao suposto representante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário