terça-feira, 28 de setembro de 2010

Quanto vale um técnico?

A Revista Placar, em sua edição de setembro de 2010, publicou  um levantamento que, dentre outras coisas, revela os salários dos principais treinadores do Brasil:

SALÁRIO TÉCNICO CLUBE
R$ 700.000,00 Felipão Palmeiras
R$ 550.000,00 Muricy Fluminense
R$ 500.000,00 Luxemburgo Atlético MG
R$ 350.000,00 Dorival Júnior Santos
R$ 300.000,00 Celso Roth Internacional
R$ 270.000,00 Joel Santana Botafogo
R$ 260.000,00 Renato Gaúcho Grêmio
R$ 250.000,00 Adilson Batista Corinthians
R$ 230.000,00 Cuca Cruzeiro
R$ 150.000,00 PC Gusmão Vasco
R$ 150.000,00 Silas Flamengo
R$ 20.000,00 Baresi São Paulo

Segundo informaçõs que circulam na mídia, o teto para o cargo no São Paulo é de R$ 300 mil, o que significa que os salários pagos pelo Tricolor daria para trazer no máximo o Celso Roth (isso sem contar que ele deve ter se valorizado com a conquista da Libertadores).

Analisando a tabela acima chego a duas conclusões:

  • Deviámos ter contratado o Adilson Batista
  • JJ vai ter que usar todo seu “charme” se quiser trazer Paulo Autuori ou Abel Braga

3 comentários:

Xandão disse...

Agora... Guedex... o Baresi ganhar 20 mil por mês é uma coisa que me faz pensar de forma contraditória:

1 - é MUITO pouco comparado com os técnicos, muitos deles um LIXO (PC Gusmão, Renato Gaucho!), da lista em questão.

2 - 20 pau por mês pra fazer o que ele ta fazendo??? Eu faria o mesmo por 10!!!! hua hua huuhau hau huahuhauhuahua

Grande abraço!

Carlos Balaró disse...

Esse quadro revela uma situação que merece grande reflexão e amplo debate: Qual a real importância do técnico para o contexto atual do futebol brasileiro? É possível que o técnico receba duas ou três vezes mais do que o "craque" do time? Precisamos valorizar o técnico ou o planejamento do clube? Por fim, parafraseando o inigualável Chacrinha: Não vim para explicar, vim para confundir!!!

Guedex disse...

Carlos,
É um absurdo o que estão pagando pra técnico.
Segundo os valores divulgados pela Placar o salario do Felipão para D'Alessandro (300), Ricardo Oliveita (200 mil) e Guiñazu (200 mil)

Oque era melhor?

Postar um comentário