segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Drenagem do Morumbi ganha destaque no clássico

Reprodução: Site Oficial do SPFC

Estrutura do Morumbi suporta forte chuva e recebe elogios após o jogo
Ana Luiza Rosa

A tempestade que castigou a capital paulista durante a tarde  deste domingo poderia ter estragado o esperado clássico entre São Paulo e Palmeiras, mas isso não aconteceu devido ao excelente sistema de drenagem do estádio do Morumbi.
No horário marcado para o jogo (16h) a chuva caia muito forte no estádio. Enormes poças d’água se formaram, e realmente era impossível jogar uma partida de futebol naquelas condições. Até o goleiro Rogério Ceni, que conhece como poucos o Morumbi, espantou-se com a situação.
“Eu nunca vi o Morumbi sem condições de jogo, é a primeira vez na minha vida. Deve ter caído muita água enquanto estávamos no vestiário para estar assim”, afirmou o capitão são-paulino.
Entretanto, bastou a chuva diminuir para que o sistema de drenagem fizesse sua função e “salvasse” o clássico. Em 15 minutos, as poças d’água mais evidentes já desapareceram. Pouco tempo depois, já não restava mais sinais do verdadeiro temporal que caiu na cidade.
O experiente Rivaldo, que já passou por diversos estádios em todo o mundo, também fez questão de elogiar o sistema de drenagem do estádio. “No início estava difícil, mas agora dá para ver que a drenagem do Morumbi é ótima”, acrescentou.
“A drenagem está de parabéns, quem construiu o estádio também. A chuva foi muito forte, por muito tempo, e quando deu uma paradinha em poucos minutos o campo já estava sem uma poça e deu pra jogar legal. Estádio de primeiro mundo”, elogiou Lucas. Além disso, o trabalho dos funcionários do estádio foi imprescindível para que o jogo pudesse começar.

7 comentários:

Régis/SP disse...

Entretanto, a imprensa marrom pró-gambá preferiu dar destaque a aquele retardado que resolveu nadar na arquibancada.
Questiono se isso não foi coisa plantada, pois o que estaria fazendo um fotografo na arquibancada, debaixo de chuva, naquele exato momento antes de começar o jogo?
Estranho...

Anônimo disse...

Regis
Toda a imprensa estava la nao tinha apenas um cara tirando foto estava sendo filmada e passando ao vivo, nao tem esta de pro gamba a reliadade que temos problemas, aqueles canos caindo nos aneis em baixo e horrivel, o JJ so quer a reeleição, agora temos que devolver a taça as bolinhas e passar vergonha e tambem temos piscinao durante jogos com chuva e ainda o JJ fica falando de itaquera.
Marcello

Guedex disse...

Com a cobertura do Morumbi, estes problemas estarão resolvidos.

Anônimo disse...

A ótima drenagem do Morumbi não é novidade ... Acho que desde 1995 (quando o São Paulo esburacou o Morumbi, para que Corinthians e Palmeiras não jogassem a final), o São Paulo reformou o sistema de drenagem do campo de jogo ... um dos poucos estádios que eram iguais em sistema de drenagem, era o falecido Maracanâ (15 minutos sem chuva e o campo ficava "seco") ... com relação a água represada na arquibancada, não tem desculpa, pois é só redirecionar a água pluvial para outro ponto, ou fazer mais locias de escoamento ... ficou feio ...

Geraldo

Régis/SP disse...

Marcello, concordo com você que existam erros erros na administração do São Paulo.
Mas os problemas do Morumbi não são de hoje. Acontecem há pelo menos uns 35 anos (tempo que frequento o estádio) e não são culpa do Juvenal.
Eu mesmo vi e vivi pessoalmente duas situações semelhantes em finais de Paulista nessas mesma condições (ambas contra o Corinthians, em 1983 e em 1991). E mesmo em outras partidas de menor de expressão, que não cabe aqui mencionar.
Nunca ninguém deu muita atenção para isso. Até porque os outros grandes estádios da capital sofrem praticamente do mesmo problema: Pacaembu também alaga em temporais (dentro e fora) e o Palestra Itália também alega, principalmente fora (ontem, por exemplo).
E o que dizer da moderna Arena de Frankfurt (CommerzBank), final da Copa das Confederações de 2005, que teve um rombo no seu teto por causa da chuva?
E a moderna Arena do Schalke que teve seu teto desabado por causa do excesso de neve, no final do ano passado?
Sei que não se comparam os estádios, mas desastres da natureza colocam a prova qualquer edificação. Seja moderna ou antiga.
Todavia, volto a insistir: nestes 30 anos, nunca vi um retardado sequer nadar ali. E olha que não faltaram, dada as coisas absurdas que já vi em um estádio, retardados nesse tempo todo.
Por que justamente ontem tinha um e num lugar de pouco público com alcance das câmeras?
Por que ele não desfilou nadando no setor da Independente?
Coincidência?

Anônimo disse...

Entrem no site do Globo Esporte .com agora e vejam lá toda a ênfase que estão dando ao Adriano do Palmeiras.

Detalhe é que ele é quem deveria ter sido expulso. Se fosse, não teria feito o Gol.

Por que será que estão dando tanta ênfase a alguem que, como eles, prejudicou o SPFC?

Anônimo disse...

Ué, choveu 1 mês em poucas horas, não fiquem melindrados, o estádio está sendo reformado, querendo ou não pelo Juju... quem não gosta morde a testa.

Postar um comentário