quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Grandes do Rio se unem ao Corinthians, e implosão do C13 parece inevitável

Reprodução: ESPN.com.br

O racha no Clube dos 13 iniciado oficialmente pelo Corinthians, na terça, ganhou a ajuda de peso dos quatro grandes do Rio de Janeiro nesta quarta. Em nota conjunta, Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco anunciaram que negociarão diretamente com as empresas interessadas a venda dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro e não mais via entidade que os representa, como era de costume.
A decisão, tomada em reunião do quarteto na terça e divulgada na manhã desta quarta, indica que a implosão do C13 é apenas questão de tempo. No encontro, ficou definido que os mesmos não reconhecem como "adequada a forma pela qual, até aqui, o Clube dos 13 conduziu, perante seus associados, o projeto para o novo contrato de transmissão", informa o documento.
"Os clubes, em conseqüência, manifestam-se desobrigados, diante do Clube dos 13, dispondo-se os mesmos a tratar, diretamente com as empresas interessadas, todos os aspectos comerciais referentes aos direitos de transmissão dos jogos do Campeonato Brasileiro", segue a nota. Principal articulador da iminente implosão, o Corinthians disse na terça estar se licenciando do grupo. O presidente do mesmo, Fábio Koff, disse que tal situação não existe.
A polêmica em torno da venda dos direitos do Brasileiro, principalmente em relação à TV aberta, começou quando o CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) vetou o monopólio da TV Globo e decidiu, em 2010, que todas as TVs teriam direitos iguais na transmissão. Assim, além da emissora carioca, Record e RedeTV! brigam pela competição no triênio 2012, 2013 e 2014.
Corinthians e Flamengo sempre foram contrários à formula do C13 de partilha dos valores obtidos com os direitos, sempre alegando que têm mais audiência e, por isso, que deveriam receber mais que os outros. No modelo atual, Corinthians, São Paulo, Flamengo, Palmeiras e Vasco fazem parte da faixa financeira mais abastada, igualmente. 
Uma reunião na sede do C13 nesta quarta deve definir qual o rumo geral desta briga. O ponto principal, no momento, é saber qual será o posicionamento de São Paulo e Palmeiras, outros com bastante peso na questão.  

Veja abaixo a íntegra do comunicado conjunto divulgado por Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco:

Comunicado Oficial
Nota Oficial 23 / 02 / 2011 - 10:18

Os Presidentes do Botafogo de Futebol e Regatas, do Fluminense Football Club, do Clube de Regatas Flamengo e do Club de Regatas Vasco da Gama reuniram-se em 22/02/2011 para discutir os aspectos relacionados á concorrência, encaminhada pelo Clube dos 13, com o propósito de aquisição de direitos de transmissão dos jogos do Campeonato Brasileiro de futebol profissional.
Como resultado, restou decidido que os clubes adotarão posição conjunta, diante da questão em causa, tendo como fundamento principal a defesa intransigente dos interesses do futebol do Rio de Janeiro e, ainda, a satisfação dos interesses maiores do futebol brasileiro em geral.
Foram, em conseqüência, fixadas, pelos quatro clubes, as seguintes preliminares:
- Não reconhecer como adequada a forma pela qual, até aqui, o Clube dos 13 conduziu, perante seus associados, o projeto para o novo contrato de transmissão;
- Os clubes, em conseqüência, manifestam-se desobrigados, diante do Clube dos 13, dispondo-se os mesmos a tratar, diretamente com as empresas interessadas, todos os aspectos comerciais referentes aos direitos de transmissão dos jogos do Campeonato Brasileiro.

Rio de Janeiro, 23 de fevereiro de 2011.

Mauricio Assumpção
Botafogo de Futebol e Regatas
Presidente

Peter Siemsen
Fluminense Football Club
Presidente

Patrícia Amorim
Clube de Regatas Flamengo
Presidente

Carlos Roberto Dinamite de Oliveira
Club de Regatas Vasco da Gama
Presidente

3 comentários:

Anônimo disse...

é o fim do futebol brasileiro.

se isso perdurar por muito tempo, logo a hegemonia do campeonato brasileiro ficará restrita a 3 ou 4 times. os demais não terão fôlego financeiro suficiente para competir.

times médios ou em franca decadência que partem para esta são os que mais vão sofrer.

Anônimo disse...

omo dizia Nelson Rodrigues, o Flamengo não precisa entrar em campo, é só pendurar a camisa na baliza e administrar a vitória pelo telefone
Flamengo deveria ter saido a muito pq o clube dos 13 só deu prejuizo ao mengão…
gostei da patricia quando disse que agora flamengo só pensa nele mesmo

Anônimo disse...

Mengão CBF/Globo, tudo a ver, plim-plim!

Postar um comentário