terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Proposta da TV Globo não seduz Clube dos 13

Reprodução: Folha.com

O Clube dos 13 não se sensibilizou com a proposta da "TV Globo" de considerar o histórico de seu relacionamento, a audiência e outros "valores intangíveis" na hora de escolher a emissora que poderá transmitir os jogos das próximas edições do Campeonato Brasileiro.
"A Globo sempre foi ótima. Mas a concorrência é neutra. Todas as emissoras têm que ser igualadas", diz Ataíde Guerreiro, presidente da comissão de licitação do campeonato.
Fábio Koff, presidente do Clube dos 13, endossou à coluna: "Todos [os grupos de comunicação que participarem da concorrência] têm que largar igual". A diretoria da associação se reúne hoje e amanhã para bater o martelo sobre o edital da licitação que cederá a uma TV o direito de transmitir as partidas.
Sobre a ameaça de Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, de rachar o Clube dos 13, negociando diretamente com as TVs a transmissão de suas partidas, Koff diz: "Só espero que essa discussão não vire um segundo tempo da minha eleição. Seria muito pequeno". O presidente do Corinthians foi da chapa de oposição a ele na eleição da associação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário