sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

"Tudo que tenho devo ao São Paulo"

Reprodução: Site Oficial do SPFC
 
Com contrato novo, Lucas agradece e se inspira em Ceni para escrever seu nome na história do Tricolor
Felipe Espindola
 
Imagem: Site Oficial
Rapidez é uma palavra que se encaixa muito bem na vida do meio-campista Lucas. Foi assim que ele ganhou a Copa São Paulo de Junior e subiu para o profissional.
Com a mesma velocidade conquistou uma vaga na equipe titular do Tricolor, passou a usar seu nome de batismo e se consolidou como a maior revelação do futebol brasileiro em 2010.
Do mesmo modo chegou a Seleção Brasileira Sub-20, onde vestiu a camisa 10 e conquistou o Sul-Americano da categoria há quase uma semana, com três gols na última e decisiva partida contra o Uruguai.
Tão rápidos também são o seu raciocínio e sua explosão dentro de campo. Apesar de tudo isso, tem coisas em que o meio-campista prefere fazer sem tanta rapidez.
Com contrato renovado até 2015, Lucas garante não ter pressa de ir para o futebol europeu e afirma que quer seguir no clube por muito tempo, escrevendo de vez seu nome na história do São Paulo.
“Eu sou muito feliz no São Paulo. Quero escrever meu nome na história do clube. Subi para o profissional no ano passado e ainda tenho muita coisa para conquistar aqui, por isso disse tantas vezes que meu objetivo era renovar”, explica.
Feliz pela assinatura do novo vínculo, o camisa 7 faz questão de agradecer ao clube por todo suporte dado ao longo de sua carreira.
“O que mais me motiva é tentar retribuir um pouco de tudo que o clube fez por mim. Tudo que tenho devo ao São Paulo. Desde as categorias de base sempre recebi muito carinho e confiança de todos. Isso só me faz ter ainda mais vontade de trabalhar para agradecer”, conta Lucas.
Imagem: Site Oficial
Para quem pensa que após a assinatura do novo contrato o meio-campista pode se acomodar, Lucas dá logo a resposta.
“Estou muito feliz que tudo terminou bem. Essa sempre foi a minha vontade e também a do clube. Agora tenho que trabalhar ainda mais para mostrar que mereço toda essa confiança. A responsabilidade será ainda maior, mas estou pronto”, confia Lucas, que tem no próprio elenco uma grande fonte de inspiração.
“Não tem inspiração maior do que o Rogério Ceni. Ele é um cara que conquistou tudo o que é possível e se dedica todo dia como se estivesse começando a carreira. Não é a toa que chamo ele de irmão mais velho. Ele é um exemplo pra mim. Espero poder escrever ao menos um pouco da historia que ele conseguiu”, acredita Lucas, que para esse ano tem suas metas bem definidas.
“A maior meta é ser campeão com o São Paulo. Temos que conquistar o maior número de títulos possíveis. Espero ajudar o time a voltar para a Libertadores, que tenho o sonho de disputar”, revela o meio-campista, sem se esquecer da Seleção Brasileira.
“Claro que a conquista do Mundial fecharia com chave de ouro o ano com a Seleção Sub-20. Espero estar presente e ajudar o Brasil a chegar ao topo do mundo”, completa.
Imagem: Site Oficial

Um comentário:

Domingues disse...

só a declaração de reconhecimento deste garoto mostra... anota aí guedex.. nosso novo Raí...rs...

faltou a charge dele de caça fantasma...rs...

Postar um comentário