sábado, 19 de março de 2011

Grêmio assinou com a Globo para ter Arena na Copa

Reprodução: LANCENET

Presidente da CBF prometeu ao clube que novo estádio substituirá Beira-Rio no Mundial de 2014
Alessandro Da Matta

O Grêmio assinou o contrato de cerca de R$ 53,5 milhões com a TV Globo para transmissão dos jogos do Brasileiro para ter sua nova arena na Copa do Mundo de 2014. A negociação entre a CBF e o Tricolor gaúcho foi intensificada no início do ano, quando o Clube dos 13 acelerou a licitação pelas plataformas de mídia.
O presidente da entidade, Ricardo Teixeira, que defende a permanência da Globo, confirmou a promessa ao presidente do Grêmio, Paulo Odone, no amistoso Brasil x França, fevereiro, em Paris (FRA). A convite da CBF, Odone foi chefe de delegação. Presidente do Corinthians, Andrés Sanchez também viajou e ajudou na persuasão.
A ideia de Teixeira é repetir o que fez com o São Paulo, líder do C13, que teve o Morumbi excluído da Copa. O Corinthians, ao lado a CBF, ganhou o Fielzão no Mundial. Agora, Teixeira fomenta a Arena Grêmio substituindo o Beira-Rio, como retaliação ao Internacional, que deu o aval à licitação do C13.
O projeto da Arena Grêmio, adequado às especificações da Fifa, foi entregue de novo há duas semanas ao Comitê Organizador Local (COL), do qual Teixeira é presidente. O Grêmio deu a dois ex-secretários da Copa no Rio Grande do Sul cargos na nova arena. E comemora o impasse nas obras do Internacional.
A Traffic, bem relacionada com CBF, Globo e Grêmio, assiste a tudo de camarote, só à espera para comercializar as propriedades da arena.

Valor individual está garantido
O Grêmio fechou com a Globo dada a garantia de que receberá os cerca de R$ 53,5 milhões por todas as plataformas de mídia, independentemente de outros clubes também fecharem com a emissora.
O acordo indica o grau de confiança que o Grêmio tem na Globo. E o da emissora em seguir com todos os direitos de 2012-2015.
Já a Rede TV! fez uma proposta via C13 apenas pelos direitos de TV aberta, mais frágil, condicionada às tratativas com anunciantes e à participação de todos os clubes.
A oferta da Globo prevê R$ 220 milhões de pay per view para a divisão entre os clubes que firmarem compromisso. Com aumento conforme crescimento de assinantes.
O Goiás assinou ontem com a Globo. Vasco e Fluminense teriam feito o mesmo. A emissora fala ter entre nove e 12 clubes.

Comentário do blog
E assim segue  nosso Brasil varonil

Um comentário:

Papo Aberto disse...

Uma vergonha meu tricolor está sendo dirigido por pessoas que viram as costas para o time e a torcida e somente querem aparecer. Nossa arena nunca foi lembrada pela cbf e agora para atingir o inter e o C13 fazem uma proposta que nunca vai ser cumprida. E agora com a entrada da rede Record notamos o quanto de dinheiro o time vai perder.

Postar um comentário