quinta-feira, 31 de março de 2011

Lugano veta volta ao São Paulo para "não manchar história"

Reprodução: Terra

Apesar dos insistentes pedidos da torcida durante a apresentação de Luís Fabiano no Morumbi, na última terça-feira, o zagueiro Diego Lugano não deve voltar ao São Paulo. Depois de o presidente Juvenal Juvêncio ter avisado que não vai tentar a contratação, foi a vez do vice-presidente de futebol Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, afirmar ao jornal Marca Brasil que o uruguaio está descartado por opção do próprio jogador, que hoje está com 30 anos e defende o Fenerbahce, da Turquia, há quatro temporadas.
Segundo Leco afirmou à publicação, Lugano teria dito a cartolas são-paulinos que teme que sua forma física prejudique o retorno em alto nível e, assim, não se vê em condições de repetir o bom desempenho de sua primeira passagem, quando se tornou campeão da Libertadores e do Mundial de Clubes em 2005. O uruguaio também teria deixado claro que não quer "manchar a história" e por isso teria desistido do retorno. Assim, segundo o jornal, surge com força o nome de Breno, também ex-jogador da equipe tricolor e que hoje está no Bayern de Munique, da Alemanha

2 comentários:

Régis/SP disse...

Vai por mim, o Breno é fria... Ele só joga bem na sobra num esquema de três zagueiros. Na Europa no esquema de 2 zagueiros tem sido um desastre.

Anônimo disse...

E o São Paulo joga com quantos zagueiros?

Postar um comentário