quarta-feira, 30 de março de 2011

São Paulo quer findar imagem de clube elitista e estuda lançar uniforme a R$ 50

Reprodução: UOL 
Alexandre Sinato e Bruno Thadeu

O São Paulo pretende definitivamente deixar a imagem de clube elitista e encontrou em Luis Fabiano a personificação do jogador de todas as classes. A presença maciça de torcedores na apresentação do atacante, terça, no Morumbi, foi entendida pela diretoria como uma prova do potencial comercial perante o público. Para explorar a ala “povão”, o São Paulo estuda a confecção de camisas oficiais populares abaixo de R$ 50 a unidade.
A Reebok, fornecedora de materiais esportivos do clube, negocia com o São Paulo a viabilização de uniformes mais simples, semelhantes à camisa original, vendida por R$ 170, em média, três vezes mais que a versão popular.
“A Sao Store [rede de lojas oficial do São Paulo] era uma loja dita como elitista. Mas a expansão da rede em outros centros mostra o contrário. Lançaremos produtos da linha Luis Fabiano e está em estudo o lançamento de uma réplica da camisa, abaixo de R$ 50. Pode ter certeza que com o Luis Fabiano nós vamos arregimentar novos torcedores”, declarou o diretor de marketing do São Paulo, Adalberto Baptista.
A presença de Luis Fabiano no São Paulo atraiu investidores. O grupo Multi (que associará suas marcas Yázigi e Microlins ao clube) e a Visa firmaram parcerias com o clube.
As duas empresas usam os mesmos argumentos para explicar a aproximação ao São Paulo. O Fabuloso tem a imagem que se identifica com o povo: batalhador e vencedor no que faz.
“Luis Fabiano é um exemplo de profissional de sucesso, e o estudante que quer ingressar no mercado de trabalho se identifica com ele”, opinou Sérgio de Souza Carvalho Júnior, diretor de marketing do grupo Multi.

Um comentário:

Anônimo disse...

Boa, é hora de faturar e dar oportunidade a quem não tem tanta grana de adquirir produtos do clube.

Postar um comentário