terça-feira, 26 de abril de 2011

Oposição comemora 'fracasso' de Juvenal

Reprodução: De prima

A oposição do São Paulo, apesar de ter conseguido apenas sete votos na eleição presidencial, comemora o “fracasso” do presidente Juvenal Juvêncio. Lembra que o cartola se reelegeu num pleito com 59 ausentes (25% do total), recorde histórico. E afirma que Juvêncio poderá ficar no cargo só até 23 de maio, quando a Justiça analisará a legalidade da eleição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário