domingo, 10 de abril de 2011

Juvenal recebe o telefonema da esperança

Reprodução: Diário de São Paulo

O presidente são-paulino, Juvenal Juvêncio, está mais agitado do que nunca. Tudo por causa de uma ligação que ele recebeu na tarde de quinta-feira de um integrante do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo de 2014. Do outro lado da linha, o interlocutor garantiu a Juvenal que "o projeto do estádio do Corinthians subiu no telhado", em razão do veto do BNDES ao financiamento pedido pela Odebrecht, construtora responsável pelo Fielzão. A "fonte" são-paulina afirma que a Odebrecht já estourou seu limite de crédito e não possui garantias financeiras suficientes para pleitear mais R$ 400 milhões.
No telefonema, Juvenal ainda escutou que, quer queiram ou não, só resta o Morumbi como opção paulista para o Mundial no Brasil. O presidente são-paulino parece convencido do que ouviu e, por isso, já deu a ordem para que as obras de modernização do Morumbi avancem a todo vapor.

Filme repetido
O próprio São Paulo já sofreu com a recusa de financiamento do BNDES. O clube pediu cerca de R$ 300 milhões emprestados ao banco, que se negou a conceder a linha de crédito por falta de garantias bancárias. Com o veto, ganhou força a ideia da construção do Fielzão, apoiada pela CBF e pelo governo federal.

Fora do cronograma
Alheio ao problema com as garantias financeiras do estádio corintiano, o escritório de arquitetura alemão Werner Sobek, que cuida do projeto, prevê a entrega da casa corintiana apenas em 2014. A notícia desagrada à CBF, que cobra há meses o Corinthians para que o Fielzão esteja pronto antes da Copa das Confederações, em julho de 2013.

2 comentários:

juliano wilian disse...

como eu disse no outro post..agora eh a hora
de irmos as ruas, fazer pressao de todo lado, e vc guedex cm todas informacoes e "seguidores" aki do blog podia organizar um protesto.AGORA EH A HORA..abraco cara

Anônimo disse...

Mas será que é bom para o SPFC ter o Morumbi como sede de uma copa do mundo do jeito que está sendo organizada ou melhor, mal-organizada esta copa de 2014 no Brasil? Além disso, vamos entrar numa divida enorme par reformar o nosso estádio para deixar do jeitinho que a Fifa quer para ter 3 ou 4 jogos de copa do mundo, sem a certeza que a seleção brasileira jogará em nosso estádio? Temo que entremos em uma outra era sem titulos para reformar o Morumbi (mesmo uma reforma mais simples) e depois descobrir que não nos serviu pra nada tudo isso....

Postar um comentário