terça-feira, 19 de abril de 2011

O mesmo

Reprodução: Coluna da Mônica Bergamo

O BNDES, que ainda não assinou o contrato para financiar a construção do estádio do Corinthians, rejeita qualquer possibilidade de o clube, mesmo que de forma indireta, ser o garantidor de parte do empréstimo que será dado à Odebrecht, responsável pela obra. A equipe do banco, no entanto, refuta a ideia de que esteja criando dificuldades. "Queremos ajudar. Mas nossas regras são públicas, conhecidas e tradicionais. Nada pode ser flexibilizado", diz um assessor direto de Luciano Coutinho, presidente do banco.

Um comentário:

Leopoldo Molica disse...

Pelo menos alguem está sendo correto perante as leis.

Nunca gostei tanto de uma burocracia...rsrsrs

Postar um comentário