domingo, 10 de abril de 2011

São Paulo antecipa seu laboratório

Reprodução: Folha.com 
Rafael Reis

Baixas obrigam técnico a já enfrentar problemas do futuro

O técnico Paulo César Carpegiani odeia a palavra teste. Costuma dizer que não faz experiências na equipe, somente observações.
Mas as circunstâncias fizeram do jogo ante o Noroeste, às 16h, em Bauru, excelente laboratório para o futuro.
As ausências de Alex Silva, Miranda, Lucas e Fernandinho obrigam o treinador a buscar soluções para problemas com os quais certamente irá se deparar em breve.
A começar pela defesa. Titular absoluto, Miranda já acertou ida para o Atlético de Madri. Viaja para a Espanha no começo de julho.
O vínculo de Alex Silva também vence no meio do ano. O clube prometeu comprar seus direitos, pertencentes ao Hamburgo, mas nenhum acordo foi selado. A disputa por sua contratação tem aumentado na Europa.
Hoje, o defensor não joga devido a uma pancada na perna esquerda. Já Miranda apresenta fadiga na coxa direita. Rodrigo Souto, volante, deve ser improvisado.
Lucas, 18, ficará fora por ter de cumprir suspensão pelo acúmulo de amarelos.
O desfalque pode se repetir nos próximos meses, já que o camisa 7 foi convocado para o último jogo da seleção e tem chances de continuar na lista de Mano Menezes.
Lucas deve ser alvo de clubes europeus no meio do ano. Entre as equipes que já procuraram o São Paulo estão Bayern de Munique, Liverpool e Shakhtar Donetsk.
Com a ausência do jovem astro, Marlos irá a campo.
Por fim, Carpegiani terá de adaptar sua equipe à presença de um atacante de área, Luis Fabiano, que deve estrear ainda neste mês.
Com a fratura na fíbula direita de Fernandinho, abre- -se a possibilidade para essa experiência. O treinador, no entanto, disse estar em dúvida se usa Willian José ou Rivaldo na vaga aberta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário