terça-feira, 10 de maio de 2011

Após disputa, Globo tira Série B da Rede TV

Reprodução: Máquina do Esporte

Globo e Rede TV estão em meio a uma disputa para conseguir os direitos televisivos para os próximos campeonatos brasileiros. De um lado, a Rede TV se apoia em um contrato firmado com o Clube dos 13. Do outro, a Globo negocia individualmente, com êxito alcançado entre a grande maioria dos clubes da Série A. Para este ano, quando o contrato ainda está na mão da emissora carioca, o que entra em jogo é a Série B.
A segunda divisão do Campeonato Brasileiro é, hoje, uma das principais atrações esportivas da Rede TV. Quem mantém o seu direito, no entanto, é a Globo, que repassa a competição. Para 2011, no entanto, o cenário será alterado. A Bandeirantes, que já recebe o direito de transmissão da Série A, ficará neste ano também com a Série B.
Quem fará a mudança será a Sport Promotion, com o aval da Confederação Brasileira de Futebol. A agência mantinha em sua conta a Série B, em trabalho de comercialização do campeonato com a Rede TV. Apesar do contrato com a emissora, a empresa mantém relacionamento próximo à Bandeirantes. Recentemente, responsabilizou-se pelos centros de hospitalidades da Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé, evento organizado pela Band.
O episódio fomenta a briga entre as emissoras. A Rede TV ameaçou abrir processo contra o Clube dos 13, que na última semana fez assembleia para confirmar que o direito de televisão dos próximos três Nacionais seriam da Rede Globo.
Em março, a Rede TV havia vencido a licitação para obter os direitos do Campeonato Brasileiro, o que foi desconsiderado publicamente pelo Clube dos 13, que havia negociado diretamente com a emissora. Sua proposta ultrapassava a marca de R$ 1,5 bilhão por três anos de contrato.
A luta da Rede TV parece cada vez mais perdida. O próprio Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), que deu aval para a negociação sem preferência para a rede Globo, já sinalizou que não há irregularidades nas negociações individuais.
Após a disputa, a Rede TV deve amargar os próximos anos sem jogos da Série A e B do Campeonato Brasileiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário