quarta-feira, 4 de maio de 2011

Com depoimento de Pelé, São Paulo faz documentário sobre 100 gols de Rogério Ceni

Reporodução: UOL
Bruno Thadeu e Rubens Lisboa

A saga de Rogério Ceni rumo aos 100 gols virou tema de um documentário, que deverá ser lançado pelo São Paulo em DVD no fim de maio. O título do filme ainda não foi divulgado oficialmente, mas provavelmente se chamará “Rogério Cem”, com tiragem inicial de 100 mil exemplares. O plano era que a produção chegasse ao público na próxima semana, mas a ideia foi adiada por uma razão nobre. O filme já estava concluído, mas Pelé topou deixar seu depoimento, trecho que será inserido no material.
A imagem de Pelé era imprescindível à produção. Maior artilheiro da história do futebol, com mais de 1.200 gols, Pelé analisará o maior goleiro-artilheiro de todos os tempos. Agora o documentário está em fase de edição.
Idealizada pelo marketing do São Paulo, a produção pretende focar na maneira como o goleiro se preparou para alcançar o posto de maior goleiro-artilheiro da história. O torcedor são-paulino fã de Ceni será saciado: todos os 100 gols serão exibidos na produção, além de imagens de vestiários e treinos.
A contagem centenária foi obtida justamente diante do Corinthians, clássico vencido pelo São Paulo por 2 a 1, em Barueri, pela fase classificatória do Paulistão.
Várias pessoas que trabalharam com Rogério Ceni deram depoimento ao filme. São os casos de Muricy Ramalho e Zetti. A decisão de treinar cobranças de falta e o descrédito de muitos em relação à possibilidade de chegar aos cem gols são abordados no documentário.
Para deixar o documentário com a cara de Rogério Ceni, a produção do filme produziu trilha sonora com a temática heavy metal. Foram gravadas cinco músicas pelo guitarrista Kiko Loureiro, o baixista Felipe Andreoli e o baterista Ricardo Confessori, todos da banda Angra. Curiosamente, enquanto o guitarrista e o baixista são torcedores do São Paulo, o baterista é corintiano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário