terça-feira, 31 de maio de 2011

Dutos viram motivo de jogo de empurra

Reprodução: Folha.com

Em um dia que teoricamente trouxe boas notícias aos corintianos, Odebrecht e Petrobras foram protagonistas de uma nova polêmica: ninguém quer assumir o custo do desvio dos dutos da estatal que correm por baixo do terreno onde será erguido o estádio do clube.
"Quem vai bancar [a obra] é a Petrobras. A mudança dos dutos não consta no orçamento da Odebrecht", informou ontem Frederico Barbosa, gerente de operação da empreiteira, responsável pela obra do Itaquerão.
"A Petrobras já foi avisada de que a obra começou. Estamos esperando os técnicos virem para iniciar [a remanejar os dutos]. Não deve demorar, deve ser nos próximos dias, mas é uma obra paralela. Vão tirar os dutos do estacionamento do projeto e colocá- -los no limite do terreno."
Consultada pela reportagem ontem, a Transpetro, braço de logística da Petrobras, informou que, para a estatal, não houve mudança alguma e que o cenário continua igual: a responsabilidade sobre os custos do reposicionamento dos dutos é dos empreendedores do estádio.
O valor da obra de desvio atinge R$ 30 milhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário