sábado, 7 de maio de 2011

Pe$o$ e medida$


A mesma Fifa que aceita arquibancadas provisórias de estrutura metálica no “Itaquerão”, está exigindo, entre outras coisas, que 41 mil assentos da Arena da Baixada sejam substituídos por cadeiras reclináveis.
As novas exigências (veja aqui) da entidade fizeram o custo da modernização do estádio paranaense saltar de R$ 135 milhões para R$ 220 milhões.
O Atlético Paranaense disse que não irá bancar a diferença. Governo e Prefeitura também não.

5 comentários:

Anônimo disse...

mas exemplos de dois pesos, duas medidas:

sobre arquibancadas móveis, a fifa também não aceitava no projeto do morumbi.

o morumbi foi excluido da copa por nao apresentar garantias financeiras dentro do prazo de 30 dias (o que é uma meia verdade). o itaquerão está aí, sem garantia nenhuma até hoje.

PauloPio disse...

Acentos? Assentos...

Guedex disse...

Corrigido. Grato.
Tenho uma tese sobre isso. Qualquer dia publico aqui.

Anônimo disse...

Modo propaganda "on"
O navegador (browser) Opera tem corretor ortográfico incluso. Faz um teste aí.

"off"

Anônimo disse...

País que ninguém manda amigos é isso aí, gringo deita e rola, revejam a Copa na Alemanha: show de organização e não deram boi pra Fifa, a maioria dos estádios foi reformada, até um dos anos 30, o país faturou uma grana e dividiu o lucro da copa entre os times!



Helder

Postar um comentário