quarta-feira, 11 de maio de 2011

São Paulo defende pesquisa com menores de 16 anos no pay-per-view

Reprodução: Blog do Perrone

O São Paulo está em fase final de acordo com a Globo. Planeja transformar a assinatura do contrato em um evento público para demonstrar que ainda não tinha assinado. Faltam pequenos ajustes. Nada que ameace o trato.
Porém, o clube não conseguiu emplacar a sua maior reivindicação. Espera em breve retomar a discussão para que tenha sucesso pelo menos na próxima renovação, só em 2016. Os são-paulinos discordam do critério usado pela emissora para definir o dinheiro do pay-per-view.
Ela usa pesquisas feitas com assinantes por dois institutos, mas só leva em conta torcedores com mais de 16 anos. O São Paulo quer incluir gente mais jovem no estudo. Os cartolas do Morumbi alegam que abaixo dos 16 anos sua torcida é ainda maior. Apostam que o novo critério renderia mais dinheiro ao clube. Mesmo se a mudança acontecer só daqui a cinco anos, pois acreditam que sua torcida continuará crescendo entre as crianças.
Pelos critérios atuais, o São Paulo fica atrás apenas de Flamengo e Corinthians nas pesquisas. Por isso, apesar de receber a mesma cota fixa da Globo que recebem Palmeiras, Vasco e Santos, o time tricolor no final arrecadará um pouco mais.

2 comentários:

Roberto Jr disse...

Outro ponto que não sei bem se é explorado, é a capacidade de compra da torcida. Não tenho base em dados estatisticos, mas eu acho que a torcida do SPFC tem muito mais poder de compra do que outras torcidas....

Domingues disse...

não interessa para a globo o menor de 16 pq os comerciais dela são para os maiores.... ou seja.. cerva... carro... casas de moveis e utensilios.... bancos... só esse povo maior de 16 que interessa nessa conta...

Postar um comentário