segunda-feira, 2 de maio de 2011

São Paulo é o grande paulista que menos arrecadou com patrocínio em 2010

Reprodução: Blog do Perrone

Foi difícil encontrar um patrocinador fixo para a camisa do São Paulo no ano passado. Por isso o clube adotou patrocinadores descartáveis, para um ou alguns jogos. Os balanços publicados pelos clubes agora mostram o tamanho do estrago.
O São Paulo arrecadou com publicidade e patrocínio em 2010 R$ 17.884.000. Pouco mais da metade do obtido em 2009, quando os contratos rendaram R$ 31.344.000.
A receita obtida pelos tricolores foi a menor entre os grandes paulistas. Bom de marketing nos últimos anos, o São Paulo não conseguiu superar o Santos, que colocou as mãos em R$ 18.781.000 graças à publicidade e a patrocínio.
A diferença se transforma em goleada quando os valores registrados pelo São Paulo são comparados aos de seus outros dois grandes rivais estaduais. O Palmeiras arrecadou R$ 43,8 milhões e bate o adversário mesmo se forem descontados os R$ 13 milhões antecipados que pegou no ano passado da Adidas, segundo a atual diretoria. Já o Corinthians, líder desse ranking, faturou R$ 47,3 milhões.
Talvez para compensar o fraco desempenho com patrocínios, o balanço do São Paulo festeja os resultados obtidos por seu departamento de marketing com o licenciamento de produtos. Um chamativo quadro mostra a evolução de receitas do clube nessa fatia do mercado. A arrecadação pulou de R$ 1.463.000 em 2002 para R$ 8.640.00 em 2010. Em 2009, os licenciamentos renderam R$ 6,9 milhões.

Comentário do blog
Talvez por isso, o balanço só foi publicado após as eleições. Será que vem mais alguma "surpresa" por aí?

3 comentários:

Xandão disse...

Pois é Guedex... pra quem no ano passado alardeava um contrato milionário, a notícia que foi o time que menos arrecadou em SP eh uma boa lição.

Menos palavras e mais ação... concentre-se nisso diretoria!!!

Delgado disse...

Não sei como ainda tem são-paulino que acredita em tudo quanto é bobagem que é publicada por ai.
Essa matéria do Blog do Perrone se baseia em um levantamento feito pela empresa de auditoria BDO/RCS. Essa empresa tem como sócio o diretor financeiro da Gambazada, Raul Correia da Silva (dai a origem da sigla "RCS").
Claro que o estudo dele é super-tendencioso, tanto para enaltecer o trabalho de tal diretor como o time no qual é conselheiro.
Depois compara coisas diferentes, mistura patrocínio de camisa com patrocínio de uniforme, que são coisas distintas (o do São Paulo é muito superior ao do Palmeiras).
Um verdadeiro festival de BOBAGENS.
O Corinthians sim arrecadou mais com patrocínio, mas o GRANDE detalhe é que 70% dessa verba foi comprometida para pagar os vencimentos do Ronaldo. Ou seja, se considerarmos essa conta, o Corinthians ficou com menos dinheiro de patrocínio que o São Paulo.
Por fim, como um time como o Corinthians arrecadou o que arrecadou e aumentou sua dívida? Como se explica isso?
Ninguém percebe o objetivo desse levantamento?
O grande problema é que o São Paulo se omite em vir a público e contestar essas bobagens que são publicadas. Paciência, por termos dirigentes incompetentes e omissos, pagamos o preço de nossa torcida acreditar nessas mentiras.
Alguém se lembra do Joseph Goebbels, o "marqueteiro" de Hitler? Ele era especialista no tocante a você pode dizer um monte de mentiras só falando a verdade...

Anônimo disse...

Empresa cujo dono é CURICANO?

Parei... lembrem que o patrocínio das frangas boa parte vai pro Gordo.

Aí não fala que arrecadamos mais que o 100ternada não é?



Helder

Postar um comentário