quarta-feira, 25 de maio de 2011

SP lidera gasto inflado do Mundial

Reprodução: Folha.com 
Sérgio Rangel 

Previsão de verba pública cresce 61% e passa de R$ 5 bilhões 

São Paulo puxou o estouro dos gastos de dinheiro público com a Copa-2014. A conta da cidade subiu de R$ 3,41 bilhões para R$ 5,49 bilhões. O crescimento é de 61%.
Já o orçamento total de investimento governamental na organização aumentou num ritmo menor: de R$ 17,17 bilhões para R$ 23,35 bilhões, ou 36%.
Os dados fazem parte do último trabalho do TCU (Tribunal de Contas da União) sobre o Mundial, publicado na semana passada.
Mesmo com a recusa do governo de São Paulo em liberar dinheiro para a construção do estádio do Corinthians, uma série de obras no Estado será financiada basicamente com verba pública.
De acordo com as matrizes de responsabilidades do Mundial, compiladas pelo Ministério do Esporte e incluídas no estudo do TCU, somente R$ 90 milhões virão da iniciativa privada na cidade mais rica do país.
O restante da verba, cerca de R$ 5,4 bilhões, deverá sair dos cofres públicos (estadual, federal e municipal).
A comparação feita pelo TCU leva em consideração dados de maio do ano passado e de fevereiro deste ano.
O gasto na organização da Copa em São Paulo é R$ 2 bilhões mais alto do que o do Rio, que está em segundo lugar no ranking. Palco da final do Mundial, vai gastar R$ 3,21 bilhões em obras para realizar o evento da Fifa.
A conta mais cara prevista para São Paulo é a reforma e a ampliação dos aeroportos de Guarulhos e de Campinas. De acordo com TCU, R$ 1,96 bilhão está contabilizado na rubrica Infraero.
Já o governo estadual vai investir R$ 1,5 bilhão no Mundial. A maior parte será aplicada em mobilidade urbana. O município, por sua vez, vai gastar R$ 334 milhões no evento de futebol.
Apesar das cifras bilionárias, os custos com a Copa deverão crescer ainda mais.
Na planilha do Ministério do Esporte, o Itaquerão, arena do Corinthians, sairia por R$ 490 milhões -metade do anunciado pela Odebrecht na semana passada.
Segundo a construtora, a arena deve ser erguida por R$ 1,07 bilhão. O estádio será o mais caro do Mundial.

3 comentários:

Wilson Pereira disse...

"O estádio será o mais caro do Mundial."

E provavelmente o q mais pagará COMISSÃO tbém...

Ô paisinho!!

Anônimo disse...

e tanta gente sem hospital, escola, comida...

Jason disse...

Gostei da idéia do governo em bancar a infraestrutura ao redor do estádio itaquerão.
Porque não fazer o mesmo em escolas, hospitais, e etc? Estou construindo uma casa que tal fazer uma praça, uma quadra para praticas esportivas?
Já que a copa gera tanto lucro então privatiza, deixem empresas privadas investirem e lucrarem com o evento. Gastar bilhões em uma copa em um país onde faltam médicos, com professores ganhando uma miséria, com delegacias precárias, isso é a realidade do Brasil.
E viva o povo brasileiro!

Postar um comentário