quinta-feira, 16 de junho de 2011

A Copa CENSURADA. Transparência é isso aí

Reprodução: Blog do José Cruz

0 animal Edmundo está preso.
0perários mantém greve no estádio Mineirão.
Santos está a uma vitória da conquista da Taça Libertadores. Peñarol também.
Marchas pela legalização da maconha estão liberadas.
0 legado olímpico dos Jogos da Grécia chegou: crise financeira que ameaça a Europa.
Mas uma manchete nos jornais desta quinta-feira é estarrecedora, como a da Folha de S.Paulo: 
“Governo quer esconder orçamentos da Copa 2014”. 
Diz a notícia de José Ernesto Credendio e Maria Clara Cabral:
“A decisão foi incluída de última hora no novo texto da medida provisória 527 que cria o RDC (Regime Diferenciado de Contratações), específico para o evento”.
“Com a mudança, não será possível ao público saber se a obra foi contratada acima ou abaixo do preço previsto. Não dará para afirmar, por exemplo, se a Copa 2014 estourou ou não o orçamento”. 

Saque oficial 
Ou seja, é a oportunidade que faltava para que se realize o saque escondido, mas oficializado. É o incentivo que muitos esperavam para ganhar mais, legalmente.
Pior:  saque no silêncio e com tarja em evidência no processo de fiscalização: “CENSURADO”
Se já estava difícil acompanhar o orçamento das obras da Copa, devido o desencontro de informações oficiais entre o TCU e Controladoria Geral da União, agora ferrou de vez.
É a mais espetacular agressão à sociedade, esconder as contas PÚBLICAS e ressuscitar a CENSURA! É o chamado projeto “Copa dois em um”. 

Aumentos nos contratos 
A mesma medida provisória tem outra agressão que precisa ser combatida: a possibilidade de aumentar o valor de um contrato sem limite, na mesma licitação. Atualmente esses aditivos estão limitados a 25% para obras novas e 50% para reformas. Pela proposta do governo, mais um “liberou geral”. 

Memória 
Quando assinou a matriz de responsabilidade – fixando o que competia aos governos municipais, estaduais e federal, em termos de gastos – o presidente Lula se orgulhou, discursando:
“Não haverá investimentos públicos e esta será a Copa da Transparência”.
Ao lado de Lula, Orlando Silva, concluiu: “Amém!”
Agora vai.
Fui! 

Comentário do blog
“Tenho pena de ti, povo brasileiro,
De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto.”


Rui Barbosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário