terça-feira, 7 de junho de 2011

Renovada, defesa do São Paulo tenta manter invencibilidade no Brasileirão

Reprodução: globoesporte.com
Marcelo Prado São Paulo

Xandão, Luiz Eduardo e Bruno Uvini são as alternativas de Carpegiani para a partida desta quarta-feira, contra o Atlético-MG, em Sete Lagoas

No São Paulo, o setor que sofreu a maior transformação neste início de Campeonato Brasileiro foi a defesa. Do trio que disputou o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil, Alex Silva foi dispensado antes do final do seu empréstimo e Miranda está prestes a se despedir, já que seu contrato termina no dia 30 deste mês, enquanto que Rhodolfo enfrenta uma sequência de lesões musculares. Foram duas na panturrilha e uma agora na coxa esquerda. Com tantos problemas, Paulo César Carpegiani tem apostado no trio formado por Xandão, Luiz Eduardo e Bruno Uvini.

Apesar do pouco tempo para buscar o entrosamento, a resposta dentro de campo foi altamente positiva. Tanto que, faltando apenas a partida entre Atlético-MG e São Paulo para fechar a terceira rodada do nacional, o goleiro e capitão Rogério Ceni é o único da competição que ainda não foi vazado. Isso é motivo de muito orgulho para Xandão que, com as saídas no setor, terá espaço suficiente para se firmar e virar referência no setor.
- Acho que chegou a minha hora. Tenho de agarrar esta chance. Estou muito confiante. Após um ano e meio aqui no São Paulo eu estou preparado para assumir esta titularidade – afirmou o camisa 13.
Natural de Guaíra, cidade próxima a Ribeirão Preto, Luiz Eduardo ainda tem 17 anos, mas se destaca pela tranquilidade em campo. Tanto que Miranda, o segundo atleta com mais jogos dentro do elenco (260), enche a bola do garoto, que espera conseguir trilhar um caminho com o mesmo sucesso.
- É uma felicidade ser elogiado por um jogador tão experiente assim. Espero entrar e poder fazer o mesmo trabalho. É uma honra para mim. Vou mostrar que posso desempenhar o mesmo futebol que ele (Miranda) aqui no São Paulo. Se eu jogar, espero ajudar o time a conquistar os três pontos – ressaltou.
Bruno Uvini é mais experiente que Luiz Eduardo e chega ao time profissional respaldado pelo fato de ter sido o capitão do time que conquistou o Sul-Americano sub-20. Peça quase certa no mundial da categoria, que será disputado em agosto, na Colômbia, o beque sabe que terá chance de mostrar serviço ao exigente comandante são-paulino.
- Se o Paulo precisar, estou à disposição. Vamos brigar por um lugar na zaga para provar que o São Paulo está bem servido de zagueiros – disse.
O trio de zagueiros deverá ganhar um reforço até o fim do mês: o zagueiro uruguaio Sebastian Coates, do Nacional (URU) está perto de ser anunciado pelos cartolas do Morumbi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário