quarta-feira, 20 de julho de 2011

No apagar das luzes, SCCP dá mais um golpe nos cofres públicos


Diretor da Odebrecht acaba de declarar à Rádio CBN que o orçamento de R$ 820 milhões não contempla o ampliação do estádio para 60 mil pessoas e que o custo desta parte da obra (arquibancadas temporárias) serão bancado pelo Governo do Estado. Com isso as declarações de GERALDO ALCKMIN de que seu governo não colocaria dinheiro do contribuinte no Itaquerão cai por terra. A estimativa é de que o custo da obra deverá girar em torno de R$ 70 milhões
O executivo disse ainda a remoção dos dutos também não está neste orçamento e que o SCCP ainda negocia com a Transpetro quem arcará com mais essa despesa.
A reportagem entrou em contato com Luis Paulo Rosenberg, VP de marketing do SCCP e com o Secretário de Planejamento e Desenvolvimento do Goverdo do Estado, Emanoel Fernandes, que confirmaram a informação.
Ou seja, o Governador do Estado de São Paulo, Sr. Geraldo Alckmin MENTIU.

9 comentários:

Renato - Bela Vista disse...

Nojo é pouco.
uma vergonha.
Alckmin é outro podrão.
As minhas esperanças da não construção desse devaneio sobrevivem, em que pese este bombardeio de notícias indecentes favoráveis ao clube de itaquera, em razão da enorme incompetência do Small.C.C.P.
Estes CID's estão supervalorizados... O Small.C.C.P não conseguirá arrecadar com eles o montante necessário (algo em torno de R$ 420,00).
FODA!
Abs!!!
ps: Registre-se que você cantou a bola do dinheiro público nesse projeto há muito tempo!

Daniel disse...

Lembremos disso na próxima eleição!

Mas a conta toda saíra quase na totalidade de dinheiro público.

Vale Lembrar que esse é o valor atual, existe as inflações de materiais e M.O. Diretas e indiretas. Esse estádio não sai por menos de R$ 1 bi com toda a certeza!

Rogério ::: ... ... disse...

Renato,

Esta na cara que os CID´s serão vendidos por menos, bem menos, que os R$ 420 milhões de face. E, dai, eis que, entra novamente o governo do estado cobrindo a diferença.

O CORI está quietinho. Disseram que cancelariam o projeto do 'istádio' "prefeito Gilberto Kassab", o Isentão, se o valor, a ser pago pelo CÚrintchas, superasse os R$ 335 milhões, prometidos inicialmente.

Como o SCCP - Small Club CÚrintchas da Prefeitura - vai ter que emprestar R$ 400 milhões do BNDES, naturalmente fará um caixa de R$ 65 milhões com dinheiro do governo para cobrir a diferença.

O 'istádio' "prefeito Gilberto Kassab", o Isentão, para eles sairá por R$ 335 milhões. O restante, integralmente, será bancado pelo governo do estado e pela prefeitura municipal.

Anônimo disse...

E espera só até aparecer o que mais não está neste orçamento de R$820 bilhões... quem vai pagar a gente já sabe. O próximo presente vai ser a retirada dos dutos da Petrobrás, alguém duvida?

Anônimo disse...

Eleitor feito de palhaço, até quando?

Até quando vc parar de votar em pilantra!





Helder

Gerson Silva disse...

Alguém duvidava que isso não fosse acontecer?
Espero sinceramente que esse papo de quando a gente morre, vai para o céu ou para o inferno, dependendo da nossa postura durante a vida terrena, seja realmente verdade, pois, se essa história não for verdade...
...infelizmente, essa é a única consolação pra quem tenta sempre andar de acordo com as regras cristãs e as regras de nossa sociedade.

Alan D Avila disse...

E nós, os palhaços que iremos pagar, aceitamos tudo quietos. O pior é q vai ser dinheiro realmente jogado fora, não tem pra que usar a estrutura depois.

Anônimo disse...

Digasse de passagem, as arquibancadas provisórias são de concreto conforme quer a deusa do olimpo, dona FIFA. Sendo assim, o provisório se tornará eterno. Vão dizer que custa muito para retirar as arquibancadas provisórias e que é melhor deixa-las por lá mesmo.... Esse é o Brasil, Republica DE BANANAS... Oh povinho banana esse viu?

Anônimo disse...

Grande novidade a mentira do Governador ... alguém ainda acredita no Geraldo Alckimin ???

O incentivo municipal (CID), pelo menos, tem uma "suposta" contrapartida (investimento na ZL) ... já o $$$$ do Governo do Estado virá à fundo pedido ...

No ano que vem, tem eleição para Prefeito e, 2014, teremos eleição para Governador ... é só caprichar mais ...

Geraldo

Postar um comentário