quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Calouro "tampão", João Filipe conquista elenco e vai se firmando como titular

Reprodução: UOL
Fernando Faro

Ele foi contratado, chegou e já jogou como titular horas depois de se tornar jogador do São Paulo. Menos de um mês depois de sua estreia contra o Avaí, o zagueiro João Filipe já está totalmente ambientado ao clube e começa a cavar seu espaço na equipe titular.
Titular contra o Ceará – mandou Xandão, o antigo dono da vaga, para o banco – o defensor mostrou muita segurança e recebeu elogios dos companheiros, especialmente do goleiro e ídolo Rogério Ceni.
“O melhor do jogo hoje foi o João Filipe, que jogou muito. O Dagoberto e o Lucas também foram bem”, elogiou o capitão.
A torcida também reconheceu o esforço do jogador. A cada desarme aplicado em Marcelo Nicácio e Osvaldo, o nome do zagueiro era cantado no Morumbi. Timidamente, o atleta vai fazendo a torcida esquecer Alex Silva e Miranda, antigos donos da posição e que conferiram ao São Paulo o título de melhor defesa do Brasil.
“Chegar e jogar bem como ele fez é difícil, já o vi jogar antes e é excelente zagueiro, estamos tentando entrosá-lo o mais rapidamente possível”, explicou o zagueiro Rhodolfo.
Satisfeito com o início de sua trajetória no Morumbi, João Filipe agradece a receptividade dos companheiros e avisa que quer evoluir ainda mais para conquistar definitivamente seu espaço na equipe.
“Cheguei a um clube que sempre está brigando por títulos. Estou recebendo apoio de todos os meus companheiros, especialmente do Rogério e do Rhodolfo . Agora é hora de trabalhar duro porque no fim de semana temos um jogo muito difícil contra a equipe do Santos”, ponderou o novo xodó dos são-paulinos.

Comentário do blog
João Filipe, que pertence ao Botafogo e está emprestado ao Tricolor até o final desta temporada, realmente tem surpreendido. Não sei se ele veio com o preço do passe fixado mas acho que se continuar neste nível, valeria sua contratação em definitivo.
João Filipe não é muito técnico e seu estivo "becão" combina bem com o do Rhodolfo.

8 comentários:

Anônimo disse...

Concordo, sem falar que, quando "aperta" ele não se faz de rogado, "bola pro mato, que é jogo de campeonato".

Abel Junior

Régis/SP disse...

É engraçado como jogar futebol nos dias de hoje é simples.
Basta ter um pouquinho de noção de posicionamento e jogar sério, não precisa ser habilidoso e nem fazer graça. Com o mínimo de erros já conquista a torcida.
Fico aqui pensando o que passa na cabeça (se estiverem vivos) de alguns zagueirões antigos que jogaram no São Paulo e que o tínhamos por fracos (em termos de futebol) como Paranhos, Arlindo, Marião, Tecão, Gassem e até Pedro Luiz e Sorley (desenterrei legal).
Hoje eles devem estar se lamentando de terem nascido na época errada, pois caso jogassem nos dias hoje teriam tudo para serem titulares até da seleção, pois não devem nada nem ao Lúcio, zagueiro titular da seleção brasileira.

Guedex disse...

Regis,

Marião você forçou hein?

Anônimo disse...

ontem o joao filipe foi muito bem. desarmou muito, se posicionou bem e até deu umas arrancadas pro ataque. espero que continue assim.

Régis/SP disse...

É também achei a mesma coisa depois que escrevi...ahahah
Aliás, com raras exceções, zagueiro com "ão" é quase tudo perna de pau: Marião, Xandão, Betão, Beto Fuscão, Tonhão...

Alan D'Avila disse...

Me surpreendeu! Parece meio lento mas desarma muito bem!

Guedex disse...

Ô boca REGIS!
Foi só você falar do Marião que o ara morreu!!!
Tá loco!

Régis/SP disse...

Puxa, depois dessa, nem brinco mais com aquela expressão "você não morre mais, porque estava falando de você agora"...
Mas ainda bem que deixei no meu texto o "se estiverem vivos".

Postar um comentário