quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Discussão de novos contratos gera irritação

Reprodução: Folha.com

As renovações de contrato dos atletas do São Paulo viraram novelas complexas.
Casemiro, Ilsinho e Dagoberto estão na fila para firmarem novo vínculo. Mas os acertos estão distantes.
Rigidez financeira, desentendimentos e decisões lentas fazem as negociações se arrastarem e irritam atletas, empresários e cartolas.
A diretoria rompeu com o agente de Casemiro, Júlio Fressato, após sondagens de vários clubes europeus. Segundo empresários, é difícil negociar com o clube.
"Temos uma política que protege a saúde financeira", afirmou o vice de futebol João Paulo de Jesus Lopes.

Comentário do blog
Dagoberto: Vaza!
Ilsinho: Baixa a bola. Primeiro entra em campo e joga. Mais de quatro meses de contrato só se tiver cláusula que permita descontar as diárias do REFFIS.
Casemiro: Uma diretoria que bancou parte dos salários do Marcelinho Paraíba, no Sport, do Washington , no Fluminense, e ainda hoje paga parte dos salários do Cleber Santana, no Atlético PR, não tem o direito de querer economizar com um jogador em franca valorização e com mercado no exterior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário