segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Enquete: Qual atitude o SPFC deve tomar no “caso Henrique”


Novamente  estamos às voltas com uma revelação da base que alegando irregularidades no contrato ameaça deixar o clube.
Henrique entende que pela Fifa, contratos assinados com atletas menores de 18 anos tem a validade máxima de três anos, e sendo assim, seu contrato com o Tricolor já teria expirado.
Já o clube alega que pela legislação brasileira, a emancipação do atleta lhe dá o “status” de maior de idade, podendo portando, assinar contratos com duração de até cinco anos.
O rolo está formado.
Não vou entrar em detalhes, pois acho que a maioria ainda lembra do caso Oscar onde esse assunto de Legislação Local X Normas da Fifa já foi amplamente discutido.
O que o “by Guedex” que saber é o que o SPFC deveria fazer daqui para frente.
Deixe sua opinião na enquete ao lado.
RSULTADO
Opção Votos
Ir para o confronto jurídico pelo cumprimento do contrato 45
Dar um aumento de salário e procurar um acordo com o atleta 53

5 comentários:

Anônimo disse...

Corrigir o que está "errado" ... simples assim ... o SPFC deveria fazer contratos novos com todos os jogadores na mesma situação do Henrique ... vai custar $$$$, vai ... mas o que é melhor: pagar agora e receber depois ou economizar agora e não receber nada depois ????

Geraldo

Anônimo disse...

especificamente sobre o henrique, deveria fazer nesta ordem:

1. sentar com o jogador e conversa. se possível, apenas com o JOGADOR, sem empresário.

2. tentar negociar o atleta, mesmo que barato. se é pra avacalhar, que avacalhe de vez. seria bom negociar com um time chines, russo, uzbeque...

3. entrar na justiça.


de uma forma geral, deve rever todos os contratos de todos os atletas menores de 18 anos, mesmo os emancipados. e nunca mais deve ter nenhum jogador deste empresário.

obs: uma diferença importante entre os casos oscar e henrique. além da questão da emancipação, oscar alega que o são paulo não pagou parte do que prometeu. henrique só tem a emancipação como "trunfo".

Anônimo disse...

acabei de ler uma notícia em que o henrique considera a possibilidade de ficar, dependendo de negociação entre o clube e seu empresário.

estou imaginando o que aconteceria se ele ficar. imagina a cobrança da torcida... se não era grandes coisas nem quando jogava sem pressão, imagine como seria agora.

Leandro Senna disse...

Não da pra negociar nenhum jogador com nenhum time sem o consentimento dele..nada a ver mandar pro uzbeque. O SP recebe para quebrar o contrato, ai salarios, tempo de contrato e tudo mais é por conta deles.

falando especificamente desse caso, perder o jogador de graça, como com o oscar, independente se o cara vai ser nota 10 ou 6, é besteira...pq da pra fazer dinheiro.

mas o problema é maior, os clubers deviam parar de briguinha de estadio e ir todos juntos na FIFA, cobrando mudança de regra e proteção para o clube formador.

Enquanto os clubes não tiverem cabeça de LIGA, e entenderem que um depende do sucesso do outro, o problema não vai acabar

Abs a todos

Gerson Silva disse...

Ao invés de demitir todos os profissionais do Departamento Médico o JUJU devia reavaliar melhor esse seu "jurídico".

Postar um comentário