segunda-feira, 15 de agosto de 2011

São Paulo e Ilsinho não chegam a acordo

Reprodução: Site Oficial do SPFC
Felipe Espindola


O São Paulo FC e o ala-direito Ilsinho não chegaram a um acordo para renovação do contrato do atleta, que tem vinculo com o clube válido até o dia 19 de agosto. Com isso, o camisa 77 está liberado para definir seu futuro.
Como já realizou seis partidas pelo São Paulo neste Campeonato Brasileiro, o clube optou por não relacionar o atleta para o duelo contra o América-MG, nesta quinta-feira, permitindo assim que Ilsinho tenha liberdade para escolher o melhor caminho para a sequência da carreira, inclusive em outro clube brasileiro.

Trajetória
Após passagem vitoriosa pelo São Paulo entre 2006 e 2007, quando conquistou o bicampeonato nacional, Ilsinho retornou para o clube em 2010, após conseguir na FIFA sua liberação junto ao Shakhtar Donetsk. Sua apresentação oficial aconteceu em 4 de setembro.
Ainda com o técnico Paulo Cesar Carpegiani no comando da equipe, atuou em nove partidas em 2010, marcando um gol na última rodada do Brasileiro, na vitória por 4 a 0 sobre o Atlético Mineiro, no Morumbi.
Este ano, sofreu com algumas contusões e foi titular em apenas 13 das 45 partidas do São Paulo. Balançou as redes em quatro oportunidades: contra Santa Cruz, pela Copa do Brasil, contra Noroeste e Portuguesa pelo Paulista e contra o Atlético Paranaense, na última partida da equipe neste Campeonato Brasileiro.
Ilsinho encerra sua segunda passagem pelo clube com 82 jogos e nove gols.

Comentário do blog
A verdade é que Ilsinho, devido a uma série de contusões, pouco jogou nesta sua segunda passagem. Além disso, a posição na qual ele prefere jogar conta hoje com várizs opções.
Só espero que a diretoria utilize a grana que está economizando com sua saída para fazer um novo contrato com o Casemiro.
Abre o olho JJ, o moleque já quebrou teu galho uma vez e ficou no clube. Não espere que ele faça isso novamente porque isso não irá acontecer.

5 comentários:

Anônimo disse...

acho uma pena. é bom jogador.

as contusões, realmente, atrapalharam. mas, além disso, foi muito mal aproveitado pelos treinadores.

até pelo tempo que ficou parado, o são tinha que ter se esforçado para mantê-lo. pelo que entendi, ele nem pediu aumento. a questão foi o tempo de contrato. ilsinho queria 2 anos, o são paulo queria 1...

Régis/SP disse...

+ 2 anos de Reffis? Vaza....

Gerson Silva disse...

Guedex, que imprensa é essa que afirma, antes da partida contra o Atlético/PR, que o jogo seria muito difícil para o São Paulo, pois, o Furacão estava se recuperando no campeonato. E, após a partida, essa mesma imprensa afirma "indignada" que o São Paulo, se quer ser campeão, não pode perder pontos fáceis em pleno Morumbi. Por favor, vc pode me explicar?
Abraço!

Guedex disse...

Gerson, essa é a imprensa dos "jornaleiros".
O que interessa é vender, não informar.

Alan D Avila disse...

bom jogador, pena que se contundiu demais, e em sua posição temos o Lucas, se tivesse se adaptado a lateral direita ...

Postar um comentário