quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Com Morumbi fora, São Paulo não quer nada com a Copa

Reprodução: iG
Danilo Lavieri, Mário Monteiro e Paulo Passos

Clube não aceitou ceder centro de treinamento para seleções durante o Mundial de 2014 no Brasil

O São Paulo não irá ceder as duas dependências para a organização da Copa do Mundo de 2014. A decisão foi confirmada pelo clube, que não mantém boas relações com a Fifa, organizadora do Mundial, desde quando o Morumbi foi excluído do evento. O estádio são-paulino estava no projeto inicial da Copa como sede da cidade de São Paulo, mas foi sacado em junho de 2010. Dois meses depois, o projeto do “Fielzão”, do Corinthians, foi confirmado como estádio paulista para o Mundial.
Em 2010, o São Paulo se credenciou para ceder seu centro de treinamento, na Barra Funda, na capital paulista, para ser utilizado como campo oficial de treinamento durante o Mundial. O clube, entretanto, informa que já solicitou o descredenciamento. "Eles fizeram algumas exigências e o São Paulo não está disposto a mudar sua programação para atendê-las", afirmou ao iG João Paulo de Jesus Lopes, vice-presidente do clube.
O COL (Comitê Organizador Local da Copa) informou ao iG que sete locais em São Paulo estão credenciados para serem usados durante o Mundial como campo de treinamentos: os centros de treinamentos de São Paulo, Palmeiras, Corinthians, Portuguesa e Pão de Açúcar, além do Pacaembu e do novo estádio do Palmeiras.
“Até agora ninguém oficializou o descredenciamento. Agora, quem quiser sair da lista é só pedir”, afirmou o diretor de comunicação do COL, Rodrigo Paiva.
Os campos oficiais de treinamento são utilizados pelas seleções que disputarão a Copa durante o evento nas cidades dos jogos. Eles são cedidos à Fifa durante a competição.
Nesta quinta-feira, o iG revelou que por causa de uma briga política, o Palmeiras quase abriu mão de participar da Copa do Mundo de 2014 e das Confederações em 2013. O diretor jurídico do clube, Piraci Oliveira, afirmou ao COL que não tinha interesse em ceder o centro de treinamentos e o estádio para o Mundial.
O presidente palmeirense, Arnaldo Tirone, entretanto, entrou em contato com o COL para negar a posição do seu diretor e colocar as dependências do clube a disposição da Fifa.

4 comentários:

Xandão disse...

Guedex... o SPFC faz mais que certo!!!! Não tem que ceder NADA pra essa farra do boi que vao fazer aqui.

Temos que nos manter distantes dessas atrocidade que vão realizar em solo brasileiro!

Abraço!

Guedex disse...

QUe vão treinar lá na.... deixa pra lá.

Hernandes911 disse...

sinceramente eu acho que sim com essa atitude o SPFC da um salto de 20 anos na frente dos adversarios. SEMPRE SAOPAULO

Xandão disse...

Ow.... tb acho que ainda vamos nos dar muito bem por não entrar na barca furada da copa!

Abraço!

Postar um comentário