terça-feira, 20 de setembro de 2011

Em dois meses, Adilson Batista tira seis pontos do líder

Reprodução: Site Oficial do SPFC
Kaue Freita

Mesmo com diversos desfalques, técnico aumenta pontuação do Tricolor no Brasileiro

O técnico Adilson Batista completou dois meses de São Paulo no último domingo. Neste período, o treinador já se diz habituado ao clube e segue firme na disputa pelo título brasileiro. Afinal, com ele, o Tricolor deu grande evolução na tabela de classificação.
Quando Adilson assumiu o São Paulo, após a vitória sobre o Internacional por 3 a 0, no Beira-Rio, o time também estava na vice-liderança do Brasileiro. Porém, a grande diferença está na pontuação. Na época, sete pontos separavam o Tricolor do Corinthians, o então líder.
Agora, depois da goleada sobre o Ceará por 4 a 0, no último sábado, o São Paulo está apenas a um ponto do Vasco, o novo líder. Crescimento que Adilson Batista credita ao grupo de jogadores. Segundo o treinador, eles são os grandes responsáveis por esta evolução.
"Isso é fruto do trabalho e dedicação de todos nas últimas semanas. E na medida em que você vai tendo o elenco completo, as coisas começam a melhorar. Mas ainda não ganhamos nada. Temos de continuar trabalhando com seriedade para conquistar nossos objetivos", disse Adilson.
Mesmo com a melhora na pontuação, Adilson teve de conviver com problemas na escalação da equipe, principalmente no sistema defensivo. Tanto que o zagueiro João Filipe precisou fazer sua estreia com apenas um treino na equipe. Em outras partidas, jogadores do meio de campo tiveram de ser improvisados no setor.
Para alcançar o topo da tabela nesta rodada do Campeonato Brasileiro, o São Paulo terá de vencer o próprio Corinthians, no Morumbi, e torcer por um tropeço (derrota ou empate) do Vasco, que receberá o Atlético-GO, no Rio de Janeiro.

Adilson no São Paulo:

Desempenho
O técnico Adilson Batista estreou no São Paulo no empate em 2 a 2 com o Atlético-GO, no Morumbi. Desde então, são 16 jogos, com sete vitórias, cinco empates e quatro derrotas - aproveitamento de 54,1% dos pontos disputados.
Liderança
Adilson assumiu o Tricolor na vice-liderança (posição atual), a sete pontos do então líder Corinthians. Dois meses depois, a diferença caiu para um ponto (o novo líder é o Vasco) e a liderança poderá ser alcançada nesta rodada.
Libertadores
Além de mais próximo da liderança, o São Paulo de Adilson Batista se consolidou na zona de classificação para a Libertadores de 2012. Antes, a diferença para o quinto era de cinco pontos. Atualmente, são sete pontos que distanciam o Tricolor do Flamengo, primeiro fora do G5.

Um comentário:

Anônimo disse...

aproveitamento de 54,1% é uma piada. é necessário muito mais do que isso para se conquistar o título.

felizmente, acredito que as coisas tendem a melhorar. o clima está bom (espero que continue ao longo da semana) e o luis fabiano está prestes a estrear. é o momento de mais otimismo da torcida tricolor no ano.

Postar um comentário