quarta-feira, 26 de outubro de 2011

PF abre outra investigação contra Teixeira


Já investigado por suspeita de evasão de divisas (veja aqui), a PF atendeu pedido do Ministério Publico Federal de São Paulo e abriu novo inquério policial para apurar se Ricardo Teixeira, presidente da CBF e do COL, está envolvido em nova suspeita, desta vez por lavagem de dinheiro.
A investigação refere-se a negociação em 2009 de um avião Cessna que envolveu além de Teixeira, dois de seus amigos e a TAM (que na época negociava contrato de patrocínio com a CBF).
A intenção de Teixeira era dar o avião como parte de pagamento na compra de uma aeronave maior mas a troca acabou não se concretizando.
As suspeitas começaram após a MPF descobrir que o avião, que entrou no país ao custo de US$ 1 (isso mesmo, um único dólar), foi comprado e revendido uma série de vezes por empresas de amigos do cartola por preços variados, um deles bem acima do valor de mercado, até ficar com um dirigente da própria TAM.

Um comentário:

Domingues disse...

aviãozin barato esse... kkkk e eu querendo importar a p.. de um hub no ebay e me cagando...kkkk preciso ter aulas com esse cara..

Postar um comentário