sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Mudando a mosca?

Com a manutenção do PCdoB no comando do Ministério do Esporte a probabilidade dos esquemas de desvio de verbas públicas continuarem são enormes. 
É inadmissível que um Ministério pertença a um partido político. 

Atualizado às 10h00

Segundo o Folha.com, o PM João Dias Ferreira envolveu Apolinário Rebelo, vice-presidente do PC do B-DF e irmão do deputado Aldo Rebelo (PC do B-SP), novo Ministro, no suposto esquema de desvios no Ministério do Esporte.
As denúncias de Ferreira foram o estopim que resultou na queda de Orlando Silva Jr.


5 comentários:

Alan D'Avila disse...

Esse PM está meio enrolado, falta toda hora a depoimentos, assim ele perde a credibilidade.

Anônimo disse...

O Aldo Rebelo é um bom político. Boa escolha da Dilma.

Anônimo disse...

o próprio partido e sua ideologia são podres, só poderia dar problema.

Xandão disse...

Concordo com o Alan.

Esse cara vem, fala um monte de merda, não prova nada, não aparece a depoimentos e tal.

To achando que esse ai é mais um que está no fundo do poço e que alguém, com escrúpulo ZERO, ta usando pra soltar bombas pra todo o lado.

Acho que quem faz errado, tem que se lascar PRA VALER, mas tudo deve ser feito da forma certa, ou seja, desde que existam provas... demolir um governo na base do grito acho um perigo!!!!

Abraço!

Guedex disse...

Ele não tem provas do envolvimento do ex-ministro, mas o desvio de recursos do Ministério do Esporte foram comprovados.
E ele (PM) participou do esquema. É tão picareta quantos os outros.

Postar um comentário