segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Triste felicidade


O goleiro Denis jogou muito ontem e nos deu a felicidade de saber que já temos o sucessor de Rogério Ceni.
Após uma atuação memorável, o goleiro saiu de campo como herói.
Mas após a partida, me veio à mente a declaração que um jornalista inglês deu ao cobrir o cortejo de Ayrton Senna, em São Paulo, e que jamais me esqueci:
“Triste o povo que precisa de herói”

É essa a situação do São Paulo atual: triste.
 

6 comentários:

Carlos Balaró disse...

Concordo com o pensamento do citado jornalista inglês mas pondero que o SPFC e a sua imensa torcida deve, sempre, idolatrar o RC, porém, não pode e não deve crucificar o seu sucessor, pois, do contrário, criaremos uma situação de insegurança a partir de eventual falha, que certamente ocorrerá. O fato é que a história diz que sempre tivemos um grande Camisa 1, desde Poy, Sergio, Waldir Perez, Gilmar, Zetti e Rogério Ceni.

Juca Kfouri disse...

A frase é do Brecht, o são-paulino...

Abel Junior disse...

“Triste o povo que precisa de herói”

Eu não fico triste não, mas queria que tivéssemos um herói era na LINHA, no gol eu já sabia, em 2009 o Denis agarrou muito......

Guedex disse...

JK,

Mas que o jornalista inglês disse, disse.

Domingues disse...

aeee que chique comentário do ilustre no seu blog... não vai dormir hj hein guedex... kkkk

Rogério ::: ... ... disse...

Já que temos um sucessor a altura para o gol e como não há garantia alguma de conseguirmos uma das vagas à Libertadores de 2012, considerando que o próprio M1T000 disse que não fosse para disputar algo, ele preferia parar, que tal pensarmos no time de 2012 com Denis e mais 10?

Postar um comentário