sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Apenas um detalhe impede construção da cobertura do Morumbi: falta quem pague


É isso mesmo. O São Paulo ainda não tem quem custeie a obra.
Essa informação foi divulgada pelo Marcello Lima, da Jovem Pan, em seu blog.
Segundo o jornalista, na reunião de terça-feira foram definidos apenas as empresas que irão compor o consórcio que ficará encarregado de buscar investidores no mercado que estejam dispostos a investir no projeto.
Quem acompanha o blog sabe que tenho tratado esse assunto da modernização e cobertura do estádio com certa reserva, pois o considero de extrema importância para o futuro do clube. As obras são complexas e caras.
Porém, tenho a impressão de que a diretoria tricolor está tratando este projeto mais como uma ação de marketing, a cada hora divulgando uma informação, o número de interessados, imagens conflitantes (veja na postagem “Cobertura do Morumbi: Definido o consócio, anúncio oficial será até ofinal de novembro” que numa das imagens divulgadas no programa há um arco sustentando a cobertura da arena e na outra não).
Para mim, estas declarações de Manssur, que estava acompanhado do VP de Futebol, Jesus Lopes, e do VP de Marketing Júlio Casares, foram a gota d'água.
Este blog não dará mais espaço às especulações e declarações midiáticas de diretores. Somente tratará do assunto quando houver um comunicado oficial do clube, aliás, foi com esta recomendação que terminei a postagem onde o anúncio do consórcio foi feito.
Como já disse antes, que saudades dos tempos em que se trabalhava mais e se falava menos no São Paulo Futebol Clube...

Clique aqui para ver a íntegra do programa "Encontro de Craques" onde Manssur falou sobre a cobertura do estádio do Morumbi.

7 comentários:

Anônimo disse...

concordo totalmente
tá muito chato esse negócio e tb nao resta duvidas q a diretoria nao tem competencia pra arranjar alguem q pague, ai fica divulgando informação errada toda hora...é uma situação deprimente

Carlos Balaró disse...

Pô, Guedex, então não falta quase nada ... Mais um duplo, com gelo, para aquele senhor ali, por favor!

Guedex disse...

Carlão,
Gostaria de aproveitar a aportunidade pra te convidar, juntamente com os demais leitores do blog, para uma "baladinha" que irei promover na minha residencia de veraneiro em São Lourenço.
Darei mais detalhes assim que arrunar alguém que pague a festa.... e a casa.

Abraço!

PS. leva uma caixinha de cerveja ok?

Marcelo Abdul disse...

Pois é Guedex. Gato escaldado tem medo de água fria. Eu só vou comentar alguma coisa disso quando ver o contrato lavrado em cartório.

Mas isso não é novo não é verdade? Aliás você lembra disso aqui?

http://www.youtube.com/watch?v=92U5JRIxd3g

Rsss. Abraços

Guedex disse...

Marcelo, nem lembrav a mais disso.
Quem sabe até o final do seculo 21...

Anônimo disse...

Fala ai Guedex !

Eu entendi diferente.
O consórcio vencedor, que tem o nome guardado em sigilo, será o responsável por captar recursos para viabilizar o projeto.
Portanto, ao assinar o contrato, isto deixa de ser problema do São Paulo.
Olha o final do post do Marcello Lima, em negrito ( será que ele acrescentou depois ? ):

*** Segundo a diretoria do São Paulo o consórcio vencedor ficará encarregado de captar fundos com investidores para a realização da obra e não o clube. Na semana que vem acontecerá á assinatura do contrato para que as obras comecem ainda em 2011.***

Se no contrato a ser assinado, existe prazo para que o consórcio consiga recursos e prazo para início das obras, é porque ao contrário do que se imagina, a coisa está bem encaminhada.

Guedex disse...

Tomara Lina....

Postar um comentário