quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Enquanto o Brasil se submete aos caprichos da Fifa, a Inglaterra tem seu pedido atendido


A Inglaterra conseguir “convencer” a Federação Internacional de Futebol, Fifa, a permitir que no amistoso deste final de semana contra a Espanha, seus jogadores entrem em campo usando uma papoula bordada em braçadeiras pretas, em homenagem ao "Dia da Lembrança" que é celebrado em 11 de novembro, data do aniversário da assinatura do Armistício que marcou o fim da Primeira Guerra Mundial, em 1918.
A Fifa, que inicialmente havia permitido apenas que houvesse o tradicional “um minuto de silêncio”, mudou sua posição após o primeiro-ministro britânico, David Cameron, classificar o veto como "absurdo" e "abusivo".
Ou seja, enquanto os britânicos conseguem se impor sobre uma das regras da Fifa (as equipes não podem entrar em campo estampando símbolos de natureza política em seus uniformes), no Brasil até leis federais poderão ser suspensas para atender a enfidade.

Um comentário:

Fernando disse...

pois é...
um país que se diga sério não pode ter sua soberania comprometida por submissão aos desmandos de uma organização internacional...e ainda mais uma que é comprovadamente corrupta!
o fato lamentável é que o Brasil se vendeu à fifa para poder sediar um copa do mundo...uma pena

Postar um comentário