quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Viva nosso “velho” Morumbi!

O São Paulo apresentou ontem, em seu Salão Nobre, o projeto de modernização do estádio “Cícero Pompeu de Toledo”, que será realizado em parceria com a construtora Andrade Gutierrez.
A obra, com duração prevista de 18 meses a partir de seu início, compreende a cobertura das arquibancadas do estádio, a arena multiuso, novo memorial, hotel e ampliação do estacionamento.
Toda a reforma, estimada entre R$ 300 e R$ 400 milhões, não utilizará recursos públicos e terá seu custo coberto pela construtora e empresas que irão explorar a arena e o hotel, além da venda do “naming rights” da arena multiuso.
Para administrar o empreendimento será formada uma Sociedade de Propósito Específico (SPE) entre o São Paulo FC e seus parceiros cujo tempo de duração ainda não foi divulgado. Durante esse período o clube terá direito a um pequeno percentual dos lucros, e ao término, todas as benfeitorias serão de posse e exploração exclusiva do SPFC.
Como eu suspeitava, na parte estética o projeto apresentado não tem nada a ver com as imagens anteriormente divulgadas, afinal o vazamento acabaria com o impacto do anuncio.


Clique nas imagens para ampliar
 
Cobertura
Com a estrutura da cobertura sendo instalada do lado de fora do estádio, a capacidade atual (67 mil pessoas) será mantida.
Como as interdições para a realização das obras serão feitas gradativamente, a capacidade do Morumbi neste período nunca será inferior a 25 mil pessoal.
A previsão é que a instalação da cobertura, que exigirá a interdição completa do estádio, seja feita no período de férias do calendário futebolístico.

Arena
A arena multiuso é o grande diferencial deste projeto e permitirá que eventos com até 25 mil pessoas sejam realizados sem que o gramado do estádio seja danificado. Além disso, toda a estrutura para o evento poderá ser montada e desmontada rapidamente, possibilitando que o clube mande seus jogos no estádio em datas próximas a eventos realizados no local.
Montada atrás de um dos gols, a arena terá um fundo retrátil que descerá e isolará a área do gramado, sendo possivel quatro configurações da área de pista:
Pista Anfiteatro
Pista
Mesas Esportes

Memorial
Além de maior, o novo memorial terá tecnologia similar a utilizada no Museu do Futebol, no Estádio do Pacaembu, considerado um dos mais modernos do mundo.

 
Hotel
Além de ter alguns de seus apartamentos com vista para o gramado, piscina, academia, centro de convenções e “lounge” também com vista para o campo, o hotel dará acesso direto ao estádio e à arena. Uma enorme comodidade aqueles que vem à cidade para assistir aos mega-shows realizados no estádio.
Apartamento Lounge
A obra
Como já dito anteriormente, a obra para modernização do Morumbi tem duração prevista de 18 meses a partir de seu início, que depende da liberação das licenças da prefeitura da cidade de São Paulo.
Juvenal declarou ter a expectativa de que isso deva ocorrer em 60 dias, porém, a obtenção de todas as autorizações pode não ser tão simples.
O maior entrave deverá ser a necessidade de mudança na lei de zoneamento, coisa que pode desagradar os moradores da região que já travam duelo judicial que visa impedir a construção do monotrilho da Linha Ouro.
O estádio do Morumbi já atingiu o limite do potencial construtivo imposto pelo poder público e com a cobertura, as arquibancadas passarão a ser consideras como área construída, ferindo portanto a lei de zoneamento da região.
O pedido para a mudança do zoneamento será encaminhada à câmara pelo prefeito Gilberto Kassab e dependerá da aprovação dos vereadores, o que pode fazer que ocorra na casa um SCCP X SPFC atrasando o todo o processo.
Para se ter uma idéia do risco que é depender da boa vontade dos vereadores basta lembrar que o todo o processo do Itaquerão durou 44 dias enquanto o da nova arena do Palmeiras levou aproximadamente dois anos. 

Daqui para frente será preciso muito jogo de cintura, e pela presença do Prefeito e do Governador na cerimônia de ontem, Juvenal Juvêncio parece estar ciente disso.

VIVA NOSSO "VELHO" MORUMBI!




Esta postagem é dedicada a Cícero Pompeu de Toledo e a Laudo Natel, o cérebro e braço que ergueram nosso "Gigante".


Imagens do site Oficial e do vídeo de lançamento do projeto



9 comentários:

Anônimo disse...

Eu tenho uma dúvida: o hotel ficará em área pertencente ao SPFC ou será construido na área da Praça Roberto Gomes Pedrosa (espaço público) ???

Caso seja na Praça (logradouro público), vai dar problema para aprovar, já que a cessão deverá ser aprovada por lei e mediante contra-partida ...

Geraldo

Guedex disse...

Geraldo.
O Hotel será onde hoje há um pequeno prédio administrativo. Área pertencente ao clube.

Anônimo disse...

Guedex, no fim, de 0 a 10, que nota vc daria para o projeto apresentado?
Eu, particularmente, gostei muito, contudo senti falta de telões... =\

Fernando disse...

resta torcer para a lei de zoneamento ser alterada...pq se há 10 anos o Morumbi dava prejuízo ao clube, hoje é um grande diferencial em termos de receita para o SP...

Guedex disse...

Anonimo,
Eu daria nota 9. Achei que ficou muito melhor que os outros projetos apresentados, inclusive o da GMP para a Copa.
Só não dou 10 porque acho que o concreto aparente deixa a fachada meio escura, mas como é a marca arquitetônica do estádio, não seria justo mudar(se ficar clarinha assim como no projeto apresentado já acho legal).
Espero que as cadeiras sejam todas vermelhas pois fica mais imponente.
Quanto aos telões, acho que é bem provável que venham a ser instalados, até porque seria interessante para o fabricante.
Abraço!

Eduardo disse...

Eu gostaria de estar mais otimista,gostei mto do projeto, mas a documentação/liberação me preocupa, pq o palmeiras esta com problema com documentacao e levou 2 anos para as aprovações, não confio nos politicos...rezo para que corra td bem...vamos torcer, abraço Guedex!

Anônimo disse...

a notícia é simplesmente espetacular. primeiro porque este projeto é o mais bonito, disparado, de todos os apresentados até agora.

segundo, porque vai ajudar o tricolor oferecendo novas fontes de receitas.

terceiro porque será ainda mais legal ir ao morumbi.

e, quarto, porque isso tudo será feito sem dinheiro público. é assim que se faz.

Anônimo disse...

Ficou um projeto muito bom ,o morumbi ficará arrojado mesmo..gostaria de saber as cadeiras serão todas trocadas ? tipo no padrão fifa ? no anel superior tem aquelesbanquinhos baixos, nem da parea encostar ascostas ...alguém sabe se no projeto da Andrade Gutierrez vão trocar os assentos ?abraço

Guedex disse...

Após a cobertura do Estádio acredito que todas as cadeiras serão iguais as que hj estão no anel térreo, que embora naõ sejam padrão Fifa são confortáveis

Postar um comentário