terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Nilmar está muito mal assessorado


Se Nilmar for tudo o que Orlando da Hora disse ser em entrevista dada ao Blog do Perrone, o tricolor está pagando muito por ele.
Ao ser questionado se Nilmar teria simpatia pelo SPFC, da Hora respondeu que jogador é como “mulher de programa, não tem marido. Não torce para time nenhum”.
Disse também que o atleta está bem na Europa mas “não é nada que os reais não toquem o coração de um cara que não desperdiça dinheiro. Ele é mesquinho esse sentido”.
Sobre a estrutura que o clube pode oferecer ao seu cliente o empresário demonstrou desprezo: “Não adianta falar da estrutura, do CT, do centro de fisioterapia… temos nojo de fisioterapia. O Nilmar já passou muito tempo fazendo fisioterapia. Queremos é saber da conta bancária.”
Resumindo, ao abrir a boca o empresário prestou um enorme desserviço ao seu cliente.
Hoje o empresário e a cúpula tricolor deverão se reunir, e se Orlando da Hora fizer esse mesmo discurso para tirar mais dinheiro do clube a chance de êxito na negociação será mínima.
Agora cabe a Nilmar desmentir esse perfil traçado por seu empresário. Ou não.

Clique aqui para ler a íntegra da entrevista.

9 comentários:

Anônimo disse...

Que escrotao. Se for assim fiquemos com Oswaldo conexao tricolor-ceara

Rafael

Anônimo disse...

Foi patética a entrevista do cara,
de dar nojo mesmo.
Se o empresário dele realmente estiver
relatando o que o Nilmar sente sobre
vir para o Morumbi ($$$) então ele que
fique por lá mesmo!
Não quero jogador mesquinho nesse time;
já nos bastou o Dagoberto por 5 anos!
O mínimo que se espera de um jogador é
consideração ao nosso clube.

Anônimo disse...

Lamentável... jogador mercenário e agente "rei da cocada". Que fique lá na Europa com os salários atrasados o resto da vida!

Anônimo disse...

Isso é jogo do empresário que ficou pra escanteio até agora e agora quer demonstrar poder, Nilmar já falou pra Deus e o mundo que é tricolor e que quer vir jogar no SPFC, num cenário como esse o SPFC dita as regras e diz quanto vai pagar, o empresário fica sem ter o que fazer. Agora, se o jogador está bem na europa, se não nutre valores como amor ao clube, se não valoriza a estrutura que o clube pode oferecer etc etc a pedida pode ser maior... É tudo um jogo pra conseguir fazer o seu trabalho que é aumentar os rendimentos do seu cliente e consequentemente os próprios... faz parte. Me preocupa muito mais a ginastica com o envolvimento do Pini zahavi (socio do kia joorabchian). Me parece novo golpe na praça. O SPFC da direitos de seus jogadores da base para o Pini que paga os salarios e o passe do Nilmar que por sua vez dificulta e assina contrato por pouco tempo com o tricolor... O Pini pisa na bola no pagamento ao Villareal e o SPFC tem que honrar, perde os seus jogadores da base e perde o valor do passe, além de perder o jogador que pode fazer corpo mole em campo e em pouco tempo pode voltar para o Inter ou algum outro clube pequeno da europa... O SmallCCP ja caiu nesse golpe, o SPFC vai cair tbem????

Alan D'Avila disse...

Caraca véii, que nego escroto ...
pelo que ele falou o Nilmar é o cara mais mercenário do futebol, o que realmente não parecia ser ... ou ele desmente o empresário ou ele vai ficar muito mal falado.

Esses empresários no futebol são mesmo um entrave, dificultam tudo e ganham muito dinheiro.
Sem eles o futebol seria mais bonito, pois teríamos menos jogadores DVDs e sim mais jogadores que realmente valham a pena, e tudo seria mais barato, pois os jogadores não teriam os passes e salários astronômicos que têm

Domingues disse...

cara de boa...

esse perone é tão falastrão quanto o empresário..

é o nelson rubens do futebol esse cara..

não duvido ter aumentado tudo q foi falado só para botar a torcida contra...

e outra
o luis fabiano não é muleque... não ia falar daquele jeito do nilmar sem conhecer o cara...

tá fedendo cara mijada nessa entrevista ae...

rs
...

Emerson disse...

Realmente, se metade do que o empresário disse for verdade, estamos tentando trazer um mercenário pro elenco.
É torcer pra que o mercenário na história seja o Orlando da Hora e não o Nilmar (o que eu não duvido).

Anônimo disse...

Quando saiu a lei Pelé, todos bradaram aos quatro cantos que a partir de então os (coitadinhos) dos jogadores iriam finalmente se libertarem dos (malvados) clubes... agora os jogadores estão na mão de gente muito pior... esta corja de empresários e "managers de carreira" que so querem saber de sugar tudo q puderem

Anônimo disse...

bom quem acompanha o blog desse cidadao sabe o que se passa. podia ter pelo menos colocado embaixo do post "informe publicitario". esses caras levam uma grana de empresarios diversos e quiça dos clubes pra fazer lobby aos interesses mais avessos possiveis e imaginaveis ao futebol. nao é a primeira nem decima vez q vejo isso. esse post em especifico é mais escandaloso do que os q normalmente publica, por beirar o nonsense, para alem do ridiculo, quase corinthiano. o incrivel é q mesmo saopaulinos esclarecidos mordem a isca com força, vejam os comentarios no blog do dito cujo (por mais q seja triste dar um page view a esse canalha...)
saudaçoes

bruno

Postar um comentário