quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Investigação sobre desvio de dinheiro em jogo da seleção leva à fazenda de Ricardo Teixeira


O jornal Folha de São Paulo traz hoje matéria revelando a ligação de Ricardo Teixeira com a empresa Ailanto Marketing, que está sendo investigada pela Polícia Federal por suspeita de superfaturar o amistoso da seleção com Portugal, em novembro de 2008.
Ricardo Teixeira sempre negou ter relacionamentos com a Alianto, porém, documentos obtidos pela reportagem revelam que sua fazenda em Piraí serviu como endereço de registro para a VSV Agropecuária Empreendimentos Ltda que tem entre seus sócios a Alianto, e que foi criada apenas oito dias antes da realização do amistoso.
A Alianto tem como um de seus sócios Sandro Rosell, amigo de Teixeira e à época executivo da Nike, e foi a responsável por organizar o amistoso que custou R$ 9 milhões aos cofres do Distrito Federal, então governado por José Roberto Arruda cassado após o escândalo conhecido como “mensalão do DEM”.
Ricardo Teixeira defendeu-se dizendo que a sua ligação com a VSV consta de sua declaração de Imposto de Renda.
Se nada tem a temer porque então Teixeira negou seu envolvimento com a Alianto?

Para ver a íntegra da matéria da Folha clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário