terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Na briga Fox X SporTV quem perdeu foi o consumidor


Passada a euforia daqueles que como eu torciam por novas opções de transmissão nos principais eventos esportivos, a verdade é que até agora o telespectador só saiu perdendo.
O Fox Sports não entrou em acordo com a NET e a Sky, operadores que dominam 70% do mercado de TV a cabo no Brasil, deixando assim milhões de torcedores sem poder acompanhar seu time na Libertadores.
Para pressionar essas operadoras a incluírem seu canal na grade, a Fox deixou de transmitir os jogos no FX e no Speed.
Em represaria a esta  decisão a Sky passou a censurar a vinheta com a chamada paras essas partidas.
A Globo optou por transmitir as partidas do Flamengo e do SCCP, deixando os torcedores de Santos, Fluminense e Vasco “a ver navios” quando houver coincidência de datas.
A Fox Sports, por falta de canais, também não ira transmitir todas as partidas dos clubes brasileiros.
Com essa briga, nós consumidores, voltamos ao tempo em que tínhamos que aguardar até altas horas da noite para assistir ao vídeo tape dos jogos.
Ao invés de procurarem atrair clientes com uma programação de qualidade, esses canais apelam para formação de verdadeiros cateis e a impressão que tenho é que estamos saindo de uma ditadura para entrar em outra.
E a coisa vai piorar: a partir da temporada 2012/2013 a Fox Sports também terá exclusividade para a transmissão do campeonato italiano, tirando o evento da ESPN.
Quanto a nós, caberá o de sempre: pagar a fatura.
Ah, e torcer para que quando chover não cair o sinal...

Um comentário:

Anônimo disse...

por isso eu nao pago mais fatura!!!
tenho um receptor livre de satelite e assisto todos os canais que eu quero!!!

Postar um comentário