sexta-feira, 30 de março de 2012

MPF investiga exigência de Teixeira para uso de dinheiro público no Itaquerão


O Ministério Público Federal esta investigando indícios de que Ricardo Teixeira teria exigido que a prefeitura e o governo de São Paulo injetassem dinheiro público na construção do Itaquerão.
O assunto consta na pauta da reunião da 5ª Câmara de Revisão da procuradoria realizada no dia 27 de fevereiro último.
"Apuração de irregularidades praticadas pelo presidente da Confederação Brasileira de Futebol (então Ricardo Teixeira), em reação à realização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil. Indícios de que exigiu indevidamente, do Governo e da Prefeitura de São Paulo, dinheiro para construir o estádio do Corinthians".
A investigação do MPF começou em dezembro do ano passado para apurar possíveis irregularidades na escolha do estádio do Corinthians para sediar a Copa.
A prefeitura concedeu incentivos fiscais no valor de R$ 420 milhões e o governo estadual se comprometeu a construir arquibancadas móveis com capacidade para 22 mil pessoas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário