quinta-feira, 24 de maio de 2012

Ao invés de salário, Mengão paga mico

Clique na imagem para ampliar


Assis, irmão e empresário (não necessariamente nessa ordem) de Ronaldinho Gaúcho, cujos salários estão atrasados há vários meses, visita loja oficial na sede do Flamengo e sai com vários artigos esportivos com a marca R10 sem pagar.
- O Flamengo não paga meu irmão, então não vou pagar também – declarou.

Um comentário:

Roberto Jr disse...

Me lembro como se fosse hoje da festa de recepção do R10 na Gavea e do pensamento que tive naquele momento, "-Vai dar m....". Gastar o que o Flamengo gastou pra trazer um jogador de futebol?! Absurdo total!!!!, não vejo profissinal na face da terra que mereça ganhar o que esses caras ganham com futebol.

Certo está o SPFC em estabelecer teto de salario, alguns vão dizer: "-Mas e o Marketing?" Sim pode-se e deve-se ganhar muito dinheiro com marketing, imagem e etc, mas há que se separar uma coisa da outra.

Uma coisa é salário (que pode estar embutido nele o componente repasse da verba de imagem do contrato com a TV e outras mídias) agora, o ganho com campanhas publicitárias, venda de camisas e etc, tem que ser variavel, se o clube ganha, o jogador ganha, simples assim.

Postar um comentário