quinta-feira, 3 de maio de 2012

A diretoria tricolor acabou com a única coisa que Leão tinha a oferecer


Não bastasse as fracas atuações do time, nossa diretoria contribuiu para mais um motivo de vergonha.
A forma como Paulo Miranda foi (merecidamente) afastado foi amadora.
Acabou com a única coisa que Leão tinha a oferecer: autoridade.

4 comentários:

Carlos Balaró disse...

É desesperador perceber que estamos no mês de maio, já eliminados do Paulistão, quase eliminados na Copa do Brasil e prestes a estrear no Brasileirão e ainda não temos um time, um esquema tático definido, um treinador de ponta e uma diretoria competente!

Guedex disse...

Carlão,
Isso tudo que esta faltando não tem a menor importância.
Para essa diretoria só não pode faltar gelo

Régis/SP disse...

O gelo e o busto do JJ...

Evandro Ortiz disse...

Amigos tricolores! Nosso time tem defeitos, como a maioria! Precisamos melhorar? Claro! Mas o Santos ganhou graças ao Neymar, com simulação ou não, é um jogador muito acima do normal, é um craque! Conseguimos 12 vitórias seguidas, não vale nada, mas tivemos vitórias na raça e na técnica, tivemos vitórias que buscamos o placar em casa e fora de casa. Foi duro perder do Santos, viajei 500km para assistir e voltar com a "cabeça inchada" (faço isso sempre, um dia eu aprendo!) Mas pior que tudo isso foi a ingerencia praticada pela diretoria, péssima atitude na pior hora possivel! Concordo com o Guedex, o Leão está manso e agora domado, o time perdeu o rumo. Até dia 10, no jogo da volta contra a Ponte, há tempo suficiente para consertar, corrigir, reunir e fortalecer o grupo. Basta querer e perceber que ganhar a Copa do Brasil seria inédito, levaria o time a Libertadores e motivaria nosso clube na busca pelo Brasileiro. VAMO SÃO PAULO!

Postar um comentário