sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Ganso? Sou mais o “patinho feio” Jadson. Ou quem sabe, o cisne


Não vejo sentido no Tricolor gastar R$ 30 milhões para contratar o Ganso.
Embora considere Ganso um grande jogador, acho que hoje temos outras prioridades.
Não é porque o clube está com dinheiro em caixa que pode se dar ao luxo de gastar com “caprichos”.
Sim, para mim a contratação de Ganso é mais um capricho, algo que a diretoria possa esfregar na cara de seus desafetos do que uma necessidade.
O São Paulo, hoje,  não precisa do Ganso pois tem o Jadson, o “patinho feio” que pouco a pouco vem demonstrando as qualidades que o fizeram ídolo no Atlético Paranaense e no Shakhtar Donetsk.
Jadson é tão eficiente quanto Ganso nas “metidas de bola” e tem a vantagem de ser mais ágil. Ganso é mais clássico, joga mais na armação e cadencia mais o jogo. Um estilo que parece não se encaixar no esquema de Ney Franco.
A questão porém não é técnica, mas de racionalidade.
Já pensando em 2013, precisamos reforçar nosso ataque pois Luis Fabiano deve continuar a ser poupado em alguns jogos e não contaremos mais com o craque Lucas.
Nossa defesa ainda precisa de mais um zagueiro de qualidade e um lateral marcador, pois jogar no 4-4-2, esquema preferido de Ney Franco, com dois laterais que avançam é complicado.
Embora tenhamos a volta de Weillington no meio-campo, e quem sabe um dia, a do Fabrício, Denilson pode sair no meio da próxima temporada.
E ainda tem a questão do gol. Sim, do gol.
Talvez precisemos contratar um goleiro já que a não classificação para a Libertadores pode significar a aposentadoria do M1TO.
Estou sendo meu pessimista? Talvez sim. Ou talvez apenas prudente.
O que quero demonstrar é que na minha opinião o Tricolor tem outras necessidades.
Se o Ganso viesse pelos R$ 23 milhões (primeira proposta) mais o Juan, acho que valeira a pena (sem trocadilho), mais que isso não.
Caso a diretoria realmente insista em contar com o meia do Peixe tenho duas sugestões:
  • Propor o empréstimo do atleta, já que não há clima para sua permanência na Vila. Desta forma o Santos preservaria seu “ativo”;
  • Comprar a parte do DIS agora por R$ 10 milhões e, se valer a pena, pagar a multa de R$ 16 milhões ao Santos em fevereiro, senão, deixá-lo lá esperando a revalorização do “investimento”.

Em suma, é preciso deixar a emoção de lado e agir com a razão pois vários jogadores outrora desejados pela torcida e pela diretoria estão decepcionando em outros clubes.
Mas onde esta o tal Cisne do título da postagem?
Pelo que sei, ainda está em Madrid...

6 comentários:

Alan D'Avila disse...

Muito bom post Guedex!
Concordo com você, R$30 milhões por um jogador aqui no Brasil é muito dinheiro, apesar de eu achar que o Paulo Ganso vale isso. E no meu time ele jogaria hoje onde está o Maicon, seria bem mais agressivo, mas pode dar certo.
Porém o elenco têm outras carências, e com a falta de patrocinador esse dinheiro pode ser providencial, até para a compra de um atleta que substitua o Lucas, o Osvaldo sozinho não dá conta.

E quem sabe, nos sonhos mais otimistas, o cisne à casa torna!

Bruno Houti disse...

A diretoria está perdendo a noção, com 30 milhões podemos trazer diversos jogadores e comprar o passe definitivo do Denilson, que para mim pode não ser um Mineiro de 2005 porém é um cara que não se lesiona e está bom sem ser violento, eu sugiro aquele Willian que está na Ucrânia, acho ele melhor e um excelente jogador a um preço menor

Carlos Balaró disse...

Também tenho desconfiança da relação custo/benefício da possível contratação do Ganso. Com essa grana, podemos comprar um bom goleiro (lembro que o M1to está em final de carreira e o Vitor, agora no Galo, foi comprado por 10milhões, salvo engano), um zagueirão de ponta e um ótimo meia atacante. De resto, mais uma vez você disse tudo.

Anônimo disse...

Concordo, muitos descordam da minha opinião mas acho que ele não dará certo no SP, o foco dele é outro, vale mais a pena fazer uma pesquisa aí pela 2ª divisão e nas categorias de base de outros times. A mídia não fala tanto que o Ney Franco conhece as novas gerações que tem por aí?

Anônimo disse...

Pois é, a ultima declaração da esposa do Kaká deu a entender que ele está disposto a abrir mão de parte dos seus ganhos para voltar ao país. O São Paulo tem de ficar muito atento a essa possível oportunidade.

Mas,tirando essa possível oportunidade imperdível de contratação, a diretoria não deveria se preocupar com o meio quando há deficiência em outros setores. A lateral esquerda precisa de um reserva, o ataque está incompleto e se não contratar ninguém agora, com as inevitáveis suspensões e lesões, o time vai acabar tendo de improvisar novamente. Ano que vem a coisa fica pior com a saída do Lucas. Além disso, de fato, já passou da hora de achar um substituto para o Ceni. Ou vão esperar ele se aposentar para constatar de vez que o Denis não está a altura do desafio?

Sugiro, para a lateral esquerda, receber o Juan de volta. Não gosto de seu futebol, mas para reserva está de bom tamanho.

Para o ataque, que precisa urgentemente de um reforço e vai precisar de dois reforços quando o Lucas for embora, Ricardo Oliveira.

Para o gol, é só ficar de olho na base e nos contratos desses novos goleiros que vem se destacando no brasileirão.

Roberto Jr disse...

O Ganso não joga pq está com ciumes do Neymar. o Neymar foi valorizado, ele não. Se vier para o SPFC terá o maior salario, será idolo, não tem pq dizer que ele fará o mesmo com o SPFC.

Não existe analise Jadson x Ganso, os dois devem jogar juntos. Maicon não tem futebol pra ser titular do SPFC. Ficaria Denilson, Wellington, Ganso e Jadson, Lucas e Fabuloso. E quem sabe Kaka no lugar do Lucas ano que vem...

Além disso, o Ganso é uma grande oportunidade de mercado. O Lucas foi vendido por R$ 108 Mi. O Ganso se jogar em alto nivel 1 ano, vai embora facilmente por R$ 60Mi.

Quanto ao SPFC gastar dinheiro. Sempre criticamos aqui o SPFC por ser muito cauteloso, craque custa caro e tem que pagar o preço e no caso R$ 30 Mi no Ganso trata-se de uma pechincha, mesmo pagando R$ 53 Mi. É um jogador jovem e sabe jogar futebol, precisa apenas de motivação e preparo fisico.

Acho ousada a atitude do SPFC e apoio sim.

Postar um comentário