quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Sem elenco não dá


Com esse time não vamos chegar em lugar algum. Joguei a toalha.
Nada de Sul-Americana, Brasileirão, e nem mesmo uma vaguinha na Libertadores 2013.
Se olharmos bem a escalação de ontem, tirando Rogério Ceni e Denilson, nenhum daqueles jogadores (João Filipe, Rafael Toloi, Rhodolfo; Douglas, Maicon, Jadson, Cortez, Cícero e Ademilson) tem condições de vestir a camisa titular de um clube como o SPFC.  
Erro do técnico na escalação? Não. É que não tem ninguém mesmo, basta olhar o banco de reservas com Denis, Edson Silva, Paulo Assunção, Casemiro, Dener, João Schmidt e Willian José.
E o pior nem é deficiência a técnica do atletas, mas a falta de “personalidade”.
Dentro desse amontoado de jogadores omissos gostaria de destacar três: Cortez, Rhodolfo e  Jadson.
Cortez até agora não jogou nada! Não marca nem apoia. Só corre pra lá e pra cá.
Rhodolfo só fala, só agita! É um zagueiro de mediano pra baixo. Depois que o Miranda saiu ficou sem ter quem encobrisse suas deficiências. E acha que é líder, que tem moral pra fazer cobrança. Não tem!
Já o Jadson...
Não conhecia o Jadson e não me lembro de tê-lo visto jogar noutros clubes, mas quando vi sua primeira entrevista pelo Tricolor já matei a charada.
Me chamou a atenção o fato dele não encarar o repórter, de desviar o olhar... ali, logo de cara, percebi que não era ao cara certo. Não chama a responsabilidade, é coadjuvante.
E ainda tem a parte da torcida que pega no pé dos dois artilheiros da equipe na temporada: Luis Fabiano e W. José (12 gols em 30 jogos).Acho a “pegação” no pé extremante exagerada e que temos que dar tranquilidade a ele porque não tem outro.
As vezes tenho a impressão que esta todo mundo torcendo para as coisas darem errado para poderem criticar o JJ (este sim, o grande responsável).
Assim não dá.
Já era.

9 comentários:

Carlos Balaró disse...

Falou tudo, Guedex, parabéns! Dá desânimo ver esse amontado de jogadorzinho correndo de um lado para o outro sem nenhuma vontade e, principalmente, sem qualquer organização tática. Mais um ano perdido ...

Régis/SP disse...

A melhor definição veio de um comentário do Caio Ribeiro (que como comentarista não é grande coisa, mas além de torcedor conhece muito bem as ‘entranhas’ do Morumbi) no novo grande show de horrores de ontem:
“O São Paulo é um time composto de jogadores medianos (foi educado, como sempre) que não se abalam com as derrotas, pois não possuem o mínimo compromisso com o time”.
Melhor definição impossível.
Agora, fico aqui me perguntando, o que dirão os jornalistas ‘fashion’ (aqueles que definem a tendência da crítica e do elogio), tipo os “victors birnes” da vida, que criticavam o Leão e que agora com o Ney Franco sim o time estava evoluindo e que isso já era perceptível (?!) nos jogos e nos treinos...
Se o problema fosse o Leão, aliás fosse o técnico, o time não estaria há 4 anos nessa malemolência que está ai.

Alan D'Avila disse...

Discordo quando você reclama dos zagueiros Tolói e Rodolfo, podem não ser os melhores do mundo mas são bon sim;
Douglas e Cortez começaram bem mas, principalmente o Cortez, caíram muito de produção; e o Cortez além de cair de produção está se omitindo nos jogos, só corre (mas melhor ele que Richarlisson).
Quanto ao Jadson ou veem como o time dele jogava na Ucrânia e fazem igual ou pode desistir mesmo.
Reservas hoje não temos, né Juvenal?!?

Anônimo disse...

Olha, acho exagero só considerar o Rogério e o Denilson como bons. Acho que os laterais e os zagueiros atuais não são ruins. São medianos, com alguns lampejos, não são craques etc. Acho que você acertou na mosca na avaliação sobre os atacantes (O Willian não custou nada, corre, se esforça, marcou um monte de gol já, perdeu um único gol cara a cara e a torcida e o Blogueiro do Globoesporte esfolam o cara todo o jogo). Acertou também no Jadson. O cara não tem culhão. E acrescento um detalhe: acho o Ney Franco a mesma coisa do Jadson. Mas tenho de reconhecer que estou muito pessismita e mau humorado. Acho que esse time pode muito mais. Nada de ser campeão, coisa e tal, mas poderia brigar por uma vaga na Libertadores. Tem algo estranho no vestiário, na relação entre os jogadores, no silêncio que é quase obrigatório quando o Rogério falha (muitas falhas em todos os jogos desde o retorno). Bom , é iosso.

Roberto Jr disse...

Será que não tem como devolver o Jadson? Quando lembro que deram 30% do Wellington por ele me embrulha o estomago, era de se estranhar os ucranianos aceitarem tão facilmente a sua saída, lembro que só deu uma enroscada porque o técnico tinha sofrido um acidente ou algo do tipo, depois que falou com ele, acho que deve ter aberto uma champagne no hospital mesmo....

Concordo com o texto do Guedex: Cortez, Rodolpho, Toloi e Denilson servem só para compor elenco, não podem ter a responsabilidade nas costas.

Aconselho a diretoria a passar a entrevistar antes os jogadores que contrata, alias, só no futebol é assim, você só conhece o cara na assinatura do contrato quando já está tudo fechado....

Digo que depois de ontem, Rogério Ceni pode se aposentar, é meu maior idolo no esporte e não quero ver ele passando por esse tipo de situação num time que não está a sua altura, parar agora ou no final do ano só corre o risco de passar mais vergonha. Aconselho parar para não cair no erro de manchar a carreira com apresentações grotescas, risco que o Marcos da porcada correu também....

Ontem nem tive pique de ver o jogo, parece que já sabia que ia ser aquela palhaçada, só vi o gol contra hoje cedo. Não tem ninguém em campo para arrumar o time, pra dizer fica lá que eu cubro aqui, vamos tocar a bola assim, parece que os caras se encontraram ontem pra fazer a 1a partida juntos, técnico coordena o time mas não está dentro de campo. Além disso, todos tem receio de fazer tudo, pegam a bola e refugam várias vezes antes de dar um passe ou fazer um lançamento, fica a jogada cantada, você não vê uma passe de primeira, pra dar velocidade no jogo... incrivel!!!!

Bom de resto é esperar esse ano tenebroso passar, talvez com wellington, lucas e fabuloso a vergonha seja menor e acabemos em 9-10 lugar e quem sabe ano que vem ver se a diretoria acerta a mão... já escrevi isso aqui nos ultimos 3 anos, espero não ter que escrever pela 5a vez...

TricolorMT disse...

Na metade do paulista eu afirmei que o Cortez era super valorizado pela imprensa pois é um lateral que tinha dificuldades na marcação, apoiava mal, não acertava cruzamentos e ia demais para o meio, e assim não dava assistências e nem fazia gol mas mesmo assim era muito elogiado. Você disse que era exagero que não era bem assim. Parece que atualmente mudou de ideia.

Não só o Cortez mas Douglas também vai mal. Lateral ou ala que não vai a linha de fundo e não acerta cruzamento e sobretudo tem dificuldades na marcação não dá pra ser lateral/ala.

Mas eles não são culpados sozinhos. As vezes passam e não recebem a bola. Às vezes estão sozinhos na jogada, sem ter com quem fazer o famoso 1, 2, as tabelas. E assim, tem que se virar.

Na minha visão o maior defeito está no meio de campo que marca mal. Aliás, nem marcam, só cercam. Além de marcar mal tem muita dificuldade na criação. Jadson tem feito assistências mas a maioria de bola parada. Essas até Jorge Wagner fazia. Mesmo assim no último jogo Jadson não acertou um escanteio sequer. Por vários momentos a bola escapa com muita facilidade dos pés do Jadson, além de errar muitos passes. Se tiver a estatística de quem perde mais bolas no time, certamente será ele. Mas por incrível que pareça o time é pior ainda sem ele, pois não tem um substituto nem oriundo da base.

Sobretudo, falta alma a esse time que se entrega com uma facilidade. Os jogadores somem em campo, ficam olhando uns pros outros sem nada a fazer como no último jogo. Rogério se matando em baixo das traves, e os companheiros, se é que dá pra chamar assim, só olhando os jogadores do Náutico fazerem o que quiserem dentro da área tricolor. Falta-lhes também jogar sem a bola e isso só com treinamentos.

Ney Franco até hoje só teve uma semana livre pra treinar. No mais, é descansar, treinar um dia, jogar no outro pois são jogos quarta e domingo. Ou seja, Ney Franco não conseguiu treinar o time como precisa e gostaria com nosso calendário maravilhoso de futebol.

Por essas e outras fica complicado almejar algo ainda esse ano.

Guedex disse...

TricolorMT...
Jadson = Jorge Wagner...hehehe!
Vou tentar nem reparar senão a bronca vai aumentar!

Rogério ::: ... ... disse...

I.N.V.A.R.I.A.L.V.E.L.M.E.N.T.E depois de tomar um gol que, via de regra, é culpa sua o Rodholfo faz aquela cara de chorão e reclama de tudo e de todos. Ontem não teve reclamação, dele, pois as falhas foram do Douglas.

O elenco é mediano mas o pior é não ter a menor organização tática que o torna uma presa fácil.

E o grande problema é o meio de campo com: Denilsons, Casemiros, Maicons, Jadsons e Ciceros da vida. Num liquidificador de jogadores a mistura acima não resultaria em sequer um craque. Com boa vontade em um jogador, bom talvez, para compor o elenco.

Mas o culpado sempre será o técnico, pelo menos tem-se um bode expiatório. Enquanto isso JJ reina asboluto no reino do amém. Ditadores se perpetuam quando a oposição é mediocre e o resultado vemos incrédulos.

Rogério ::: ... ... disse...

Meo deus, o TricolorMT desenterrou a enceradeira, só para lembrar que a coisa vai mal a anos.

Postar um comentário